Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saber mais

Sabe quem são os seus concorrentes?

ir atrás da concorrênciaEste é um assunto que não é exclusivo das médias ou grandes empresas, as pequenas empresas e até mesmo os empresários em nome individual devem ter atenção à concorrência. Não que se deva dedicar muito tempo a fazer analises, mas é boa ideia saber o que os nosso concorrentes andam a fazer.

Conheça algumas ideias sobre a importância da análise de concorrentes. Saiba porque razão pode ser importante estar de olho na concorrência, por ex: copiar ideias.

As pequenas empresas podem-se tornar grandes. Isto a propósito de uma conversa com 2 empresários que desconheciam uma pequena empresa que compete com as grandes. Ora, se eu que não actuo no sector conhecia, como é que alguém que está no sector desconhecia ou desconhece essa empresa.

Foco a mais

Por vezes as pessoas estão tão focadas nas suas tarefas que esquecem o que existe para lá do seu mundo, isso pode não ser boa ideia, pode ficar para trás, e no limite encerrar. Cada vez mais o mercado é competitivo, e pode ser necessário fazer alguma coisa para sobreviver no mercado. Existem novas empresas a nascer todos os dias, com novas abordagens ao mercado, cada um tentando ganhar a sua quota de mercado. O que se resume a tirar clientes a outros, se todos mercados crescessem, aí estavam todos bem. Ou se se apostar na internacionalização também é um caminho, mas se actua no mercado doméstico, temos de estar de olho nos nossos concorrentes.

Benchmarking é o nome dado à técnica de copiar subtilmente as melhores práticas da concorrência. Ou seja faz-se uma análise exaustiva da concorrência e depois de avaliar os factores que acrescentam valor e se são simplesmente ideias geniais, adoptam-se na nossa empresa. Até aqui nada de novo, só o nome, pois copiar negócios é uma prática secular!

As pequenas empresas tem de estar atentas ao que se passa em seu redor, sob pena de verem o seu negócio cair de dia para dia. É que por vezes as soluções do passado passaram à história. A recomendação de clientes é cada vez mais complicada. Tem de se fazer alguma coisa de diferente, se queremos resultados diferentes. Canso-me de ouvir, sempre foi assim. É caso para perguntar, e será assim por quanto mais tempo?

“É loucura querer resultados diferentes fazendo tudo exatamente igual” Albert Einsten

Batalhas empresariais

Ter um negócio, conquistar mercado é uma guerra, travam-se batalhas, espera-se que seja amigável (Respeito pela concorrência é essencial), a estratégia para travar estas batalhas advêm das estratégias militares, ou seja, por vezes temos de atacar outras vezes defender. Estar de olho no que anda a fazer a concorrência é apenas uma defesa. Pois por vezes seguir alguém é preferível a ficar parado no tempo.

Por vezes direccionamos a nossa atenção num único sentido, quando será proveitoso utilizar um visão mais abrangente para detectar oportunidades, e estudar modos de actuação que possam trazer melhores resultados.

Publicidade da concorrência

Conhecer as formas que a concorrência está a utilizar para se divulgar é uma grande ajuda, por vezes, utilizam métodos que nem sequer imaginávamos, por exemplo grupos de networking ou folhetos bem construídos.

Quem não aposta na publicidade tem poucas hipóteses de sobrevivência no longo prazo. Este é o maior problema das pequenas empresas, a falta de uma estratégia de marketing para o seu empreendimento, já dei algumas ideias para divulgar uma empresa, e darei mais no futuro. Por vezes não é necessário grandes somas para fazer acções publicitárias. Não fazer nada é que não ajuda, na difícil tarefa de reduzir custos, importa deixar de lado os investimentos em comunicação.

Uma das dicas para saber o que a concorrência anda a fazer na internet, é fácil, basta pesquisa no Google.pt o sector de actividade a que se pertence, e ver os anunciantes (anúncios Adwords, aparecem na parte superior e lateral da página dos resultados de pesquisa). Só esta dica tão simples, dará uma grande ideia do que se está a passar no mundo online. Outra ideia será analisar a frequência das actualizações das redes sociais da concorrência. Depois é só pensar um pouco e ver se faz sentido seguir os mesmos passos.

Só que se dedique 1 hora por mês a olhar para a concorrência já não é mau.

Comentários

  1. Emanuel Domingos dos Santos diz:

    Olá

    Sou o Emanuel Domingos dos Santos, Angolano e residente em Luanda, sou pequeno investidor da área de formação profissional, aproveito para dizer que este site tem bons artigos sobre educação financeira. Gostei.

    • Nuno Casimiro diz:

      Olá Emanuel

      Só vi o seu comentário hoje :-/

      Obrigado pelas suas palavras

      Votos de sucesso