Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saber mais

5 dicas para PMEs fazerem publicidade no Google

A plataforma que disponibiliza publicidade nos resultados de pesquisa do Google, é o programa Google Adwords. Que permite anunciar não só nos resultados das pesquisas, bem como na rede de parceiros.

Esta plataforma é simples, mas também pode ser complicada. São muitas as opções e formatos, por isso nada melhor do que resumir, o que verdadeiramente interessa, para as pequenas empresas e proprietários de pequenos negócios.

Muitas podem ser as opções, mas será que interessam à generalidade das empresas? Eu penso que não. Remarketing, anúncios através de feeds, objectivos, etc, são opções a considerar em alguns tipos de negócios, mas para as pequenas empresas não são mais do que geradores de confusão.

Considere um gestor de Adwords

Se investir muitos euros por mês em publicidade online, pode ser vantajoso encontrar uma gestão profissional da sua conta Google Adwords. Quem sabe,  pode fazer realmente a diferença.

Mas se pensa em investir 60 ou 90 euros por mês em publicidade, o indicado será fazer você mesmo. E por isso escrevi este artigo.

Excluindo algumas situações, eu diria que os anúncios Google Adwords são configurar e deixar ficar. Numa empresa com 1 único site, não precisamos de nos preocupar com nada, apenas com o pagamento.

Uma das minhas campanhas Adwords, está há 6 anos a rolar, sem parar e quase sem lhe mexer 🙂

Faça você mesmo, é fácil. 

Antes de sair desta página conheça as opções que considero mais importantes!

O processo de configuração de uma campanha de publicidade no Google Adwords não é difícil eu diria que é até bastante simples. Caso tenha dificuldade em alguma coisa, pode aceder aos tutoriais Google Adwords no Youtube.

Uma outra opção é, numa fase inicial, contratar alguém para configurar tudo.

1- Segmentação / Geolocalização

Uma das coisas essenciais é saber a quem vamos mostrar os nossos anúncios, este factor é fundamental para negócios locais. Repare, uma ourivesaria com loja em Castelo Branco e sem loja online, terá pouco, ou nenhum interesse em anunciar em Faro. Um canalizador de Évora, também não tem interesse em anunciar em Viseu.

Não interessa pagar por cliques, que não geram negócio.

Assim a escolha da opção de geolocalização dos seus anúncios é essencial. Configura-se logo na primeira página.

2 – Palavras chave

Os anúncios actuam através de termos de pesquisa, as palavras chave. Ora, aqui podem fazer-se maravilhas, por exemplo colocando palavras que a concorrência se esqueceu, como é o caso dos sinónimos.

Mas, repare, não é nenhum mistério, para uma empresa de contabilidade saber as palavras porque quer ser encontrado, não será necessário nenhum génio criativo!

Exemplo: Contabilidade, contabilidade Leiria, contabilidade organizada, contabilidade simplificada, balancetes, etc.

As palavras chave são os serviços e os produtos disponibilizados, é interessante colocar também as localidades 😉

Palavras chave negativas

Uma das coisas que não queremos é gastar dinheiro em publicidade que não rende nada, assim no separador das palavras chave negativas, adicione estas (pensadas para negócios tradicionais):

jogo, jogos, grátis, gratis, gratuito, gratuita, gratuitos, gratuitas, download, filmes, vídeos, videos, video, vídeo, imagens, imagem, fotografia, fotografias, foto, fotos, rir, humor, emprego, empregos, cursos, curso, plano, planos

Imagine o que era um profissional que quer prestar serviços estar a gastar dinheiro em anúncios, quando as pessoas pesquisam, jogos ….. ; emprego …….  plano de negócio de…  (provavelmente estas pessoas não são potenciais clientes).

As palavras chave negativas excluem os anúncios.

3 – Criação dos anúncios

Não é difícil criar um anúncio de texto, repare: actividade + localização (distrito, concelho, freguesia)

Exemplo:

  • Título: Infantário em Benfica
  • 1ª Frase: Dispomos de berçario
  • 2ª frase: 50 pais confiam em nós
  • endereço web

Exemplo 2:

  • Título: Jardim de infância
  • 1ª Frase: Existimos há 12 anos
  • 2ª frase: Venha visitar-nos, veja por si
  • endereço web

Com base nestes anúncios podem criar-se múltiplas variações, por exemplo substituir as palavras por sinónimos, quem diz infantário, diz, creche, jardim de infância. Basta utilizar a criatividade.

Coloque o nome da empresa ou designação comercial no título de alguns anúncios.

O melhor, é que pode criar quantos anúncios desejar para a sua campanha ou campanhas, o Google vai mostrar os melhores anúncios, os que geram mais cliques, não necessita de se preocupar com isso, é automático 🙂

4 – Preços e orçamentos

O valor a pagar, pode ser mínimo, se orçamentar 2 euros por dia, são apenas 60€ por mês. Qual é a empresa que não consegue investir 60€? Bem, se não consegue :-/

Repare nisto: com 5 euros de orçamento diário e um custo de 20 centimos por clique, geram-se 25 cliques por dia. Num mês são 750 visitas para o site. Mas se o custo for de 10 centimos são 1500 visitas.

A gestão do custo por palavra chave é muito importante, quando se configuram objectivos e os analisamos. Caso não o façamos perdemos , mas não será nada de grave (em orçamentos pequenos).

O complicado pode ser transformado em algo simples, determinar um custo 10 , 20 ou 40 centimos e deixar ficar.

Existem 2 razões: a primeira é que o custo de um clique é variável, pode licitar 40 centimos e pagar apenas 15. Se licitar 10 centimos os seus anúncios podem nunca ser exibidos, por isso este é o único aspecto que merece obrigatoriamente seguimento. Uma semana após configurar a campanha Adwords deverá ir ver como estão a correr as coisas e ajustar esse valor. Um acompanhamento também será saudável numa perspectiva económica.

Analisar e ajustar o valor oferecido por palavra-chave (individualmente, cada palavra) é algo importante.

5 – Site links

Eu diria que esta é a opção mais avançada que convêm mesmo utilizar. Pode adicionar a sua morada e o seus contactos telefónicos aos anúncios, o que aumenta a exposição, logo mais potenciais interessados, mais potenciais clientes.

Se a pessoa pesquisar e surgir o seu anúncio e ligar, o custo é zero. Obter contactos a custo zero é possível, pois só quando as pessoas clicam no anúncio é que têm despesa.

Conclusão

Este artigo tem em vista pequenos negócios, onde medir a conversão não é importante, ou seja, as potencialidades do Google Adwords são enormes, em empresas de alguma dimensão ou negócios centrados na internet, devem ser utilizados.

Caso pretenda ser você mesmo a faze-lo é possível, mas dedique primeiro algum tempo à aprendizagem. O Google Adwords disponibiliza vídeos tutoriais para que qualquer pessoa possa anunciar os seus negócios através deles.

Existem muitas formas de fazer publicidade na internet, mas nenhuma é comparável ao Google Adwords, 80% do meu orçamento de publicidade é aplicado no Google Adwords, e não é por acaso. Anunciar para que as pessoas procurem os nossos serviços ou produtos é muito eficaz.

Repare que: para estar à frente da sua concorrência por vezes não é preciso muito, se muitos dos seus concorrentes não possuem website, fazer publicidade é estar 2 passos à frente 🙂

Se não anuncia no Google Adwords, não espere mais inscreva-se  e comece a ter mais visibilidade online.

Comentários

Os comentários deste artigo estão fechados.