Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saber mais

Teorias financeiras versus irracionalidade dos mercados

O fundamento de investimentos em mercados de negociação pressupõe quase sempre a eficiência dos mercados, o preço é igual ao valor.

As teorias financeiras dão-nos os valores exactos de determinado activo ou subjacente, contudo raramente este é o actual valor de mercado.

O investimento baseado em números pode ser fria, mas é a que melhor pode avaliar um activo no curto prazo.

Os mercados são dominados pela irracionalidade dos investidores, ou seja, pensam com o coração e largam a frieza dos números, decisões baseadas no coração podem muito bem arruinar a vida financeira de quem se rege unicamente com base nesta perspectiva.

As estratégias de investimento são muitas, tal como as teorias financeiras, conjugar toda a informação e tempera-la então com o coração pode ser a receita ideal para o sucesso nas operações nos mercados.

Como funcionam os mercados financeiros

Os mercados financeiros têm oscilações normais com base nos volumes de procura e oferta dos activos, quem investe com base nas percepções e sentimentos pode ocorrer em perdas com movimentos completamente normais dos mercados, bastando um qualquer fundo de investimento desfazer-se de uma posição, para instalar o pânico e a corrida à venda desse tipo de activos, criando o espiral de desvalorização conhecido por todos.

Pelas razões apresentadas existe sempre uma margem de manobra entre o valor dos activos e o preço do activo, quando todos os investidores retiram a análise objectiva dos números e se “apaixonam” por um sector ou empresa pode originar uma bolha especulativa, onde todos os compradores ganham no início se souberem vender antes do limite do crescimento, depois as perdas podem ser muito amargas.

A irracionalidade dos mercados podem ser perigosa, contudo também oferece grandes oportunidades para investimentos a pensar no longo prazo. Utilizando as quebras provocadas por este tipo de sentimentos.

A melhor estratégia para investir não existe, existem várias!

Comentários

Os comentários deste artigo estão fechados.