Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saber mais

Principais razões para poupar

Poupar é um acto que, apesar de desvalorizado por muito boa gente, comporta consigo o essencial para salvaguardar uma boa qualidade de vida, caracterizada pela estabilidade económica e  boas perspectivas de futuro financeiro.

Não só uma medida inteligente, poupar está a tornar-se cada vez mais como uma medida imprescindível à manutenção de uma vida livre de surpresas financeiras desagradáveis

Algumas boas razões para poupar:

Poupar para gastar melhor

Ao poupar na compra de bens de carácter  supérfluo, que na verdade até não lhe fazem assim tanta falta, estará a amealhar para, no futuro, poder aplicar o dinheiro de uma forma mais producente, como é o caso de num carro novo, numa casa ou numas férias de sonho. Portanto, sempre que resolver despender quantias elevadas de dinheiro em bens minoritários, lembre-se que muito melhor conseguirá adquirir ao prescindir ao deles prescindir.

Segurança para o futuro

Com os tempos que correm, nunca sabemos bem com o que poderemos ou não contar daqui a 10, 15 ou 20 anos. Ter dinheiro colocado de parte representa sempre a certeza de que, caso um imprevisto aconteça, poderemos sempre recorrer a um pequeno auxílio financeiro que nos poderá ajudar a sair de muitas situações desagradáveis.

Proporcionar garantias à sua família

Se tem filhos, então tem, também, mais uma boa razão para poupar. Não só o dinheiro extra que conseguir poupar poderá ajudar a pagar a formação dos seus filhos, que tão importante é, como também lhes evitar ficarem totalmente desamparados caso algo de  inesperado lhe aconteça. Esta é uma das razões mais importantes pela qual deverá sempre levar a sério a poupança de dinheiro.

Investir num negócio, ou colocar o dinheiro a render

Ao colocar algum dinheiro de lado poderá, quem sabe no futuro, ter a oportunidade de o colocar a render, originando assim a possibilidade de aumentar a sua renda mensal e, consequentemente, a sua qualidade de vida.

Estabilidade emocional

Colocar dinheiro de parte é, também, ter a consciência de uma maior segurança económica, caso algo de inesperado lhe aconteça. Tal poderá ajudar a evitar muitas depressões que têm geralmente como causa diversos problemas financeiros. Ao poupar,  estará a contribuir para um melhor estilo de vida, não só económico como também pessoal.

Conclusão

Cinco simples razões, que deverão ser vistas como mais do que o suficiente para lhe fazer repensar a forma como aplica o seu dinheiro, e a reconsiderar certos gastos desnecessários que tem por hábito fazer. Lembre-se que muito de bom poderá advir de uma boa gestão do seu património financeiro, e praticamente tudo de mau poderá resultar de uma gestão descuidada do mesmo. Por isso, comece a valorizar melhor o seu dinheiro, pois o mesmo é imprescindível a uma boa qualidade de vida, quer para si, quer para os seus.

Comentários

Os comentários deste artigo estão fechados.