Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saber mais

Poupar no consumo de electricidade é possível

A electricidade é uma das contas que maior peso exerce na carteira dos Portugueses no final do mês dentro da classe das despesas domésticas cíclicas.  No seguimento do artigo já dedicado ao mesmo assunto Como poupar na factura de electricidade, seguem-se agora algumas dicas para poupar através da redução de consumo de energia. Tendo em conta a actual situação económica pela qual o País se encontra a atravessar, a necessidade de poupança faz-se sentir cada vez mais, originando assim a procura por novos métodos e ideias que possam resultar numa melhor gestão do dinheiro despendido nas despesas domésticas.

Poupar na electricidade pode ser muito mais fácil do que aquilo que parece, sendo para isso apenas necessário estar atento a pequenos factores que se revelam responsáveis pelo consumo excessivo de energia.

Através da adopção de determinados cuidados, poderá experienciar uma redução no consumo de electricidade que poderá facilmente superar os 30%. Sendo estes tempos de grandes dificuldades económicas, é importante manter um olho bem atento e consciente numa administração correcta de todas as despesas domésticas para manter a capacidade financeira.

Algumas dicas de poupança:

– Tente desligar sempre luzes ou aparelhos que não estiver a utilizar. Isto inclui, por exemplo, desligar a luz de uma divisão, mal saia dela. É frequente muita gente não o fazer, e deixar acesas diversas luzes de divisões que, no momento, não estão a ser utilizadas. Para poupar, perca esse mau hábito.

– Remova sempre os carregadores das tomadas, quando já não os estiver a utilizar. Muita gente não sabe, mas o aparelho não necessita de estar a ser carregado para que exista um consumo de electricidade, bastando para isso que o carregador esteja ligado à tomada.

– No caso de utilização de um esquentador eléctrico, tenha sempre em atenção a temperatura em que utiliza água. A utilização de uma temperatura superior à necessária poderá originar um gasto desnecessário no consumo de electricidade.

– Pondere a instalação de um painel solar, caso a estrutura da sua casa assim o permita. É uma alternativa ecológica que poderá favorecer imenso todo o processo de poupança.

– Recorra à utilização de lâmpadas economizadores, em alternativa às lâmpadas incandescentes. Tal poderá resultar numa redução bastante visível dos gastos mensais de electricidade.

– Adquira um regulador de intensidade de luz. Não são assim muito caros, e poderão revelar-se muito úteis para poupar no consumo de electricidade.

– Prescinda de certos electrodomésticos, ou pelo menos diminua a sua utilização. Alguns exemplos poderão ser as máquinas de secar e lavar loiça, que apesar de muito úteis se poderem revelar, nem sempre são imprescindíveis.

– Utilize extensões eléctricas e aplicativos para desligar certos aparelhos da energia eléctrica, por exemplo tudo o que está ligado à informática, computadores, routers, impressoras.

Conclusão

Estas são algumas das mais importantes estratégias de poupança a serem adoptadas por quem tiver por objectivo reduzir o consumo mensal de electricidade. Não só são comportamentos realmente eficazes, como também bastante fáceis de serem adoptados, e que se poderão revelar de grande utilidade na manutenção da sua estabilidade financeira.

Senão está a utilizar, não precisa de estar ligado, este é o princípio da poupança de energia.

Comentários

Os comentários deste artigo estão fechados.