Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saber mais

Perfumarias, negócio dos perfumes

A comercialização de produtos de perfumaria encontra-se posicionado no sector terciário, vindo colmatar necessidades de nível de higiene e bem-estar. O comércio de perfumaria é suportado em comércio a grosso e a retalho e caracteriza-se por ser um negócio sem restrições, ligado ao livre comércio.

Se na vertente da higiene pode dizer-se que seja uma necessidade de nível primário, segundo a pirâmide de Maslow , a satisfação de necessidades de bem-estar, posiciona-se nas necessidades de auto-estima. Assim podemos dizer que esta actividade pode ser encarada por estes dois prismas.

Caracterização do sector de actividade

Factores como a importância cultural do corpo, o poder de compra generalizado e o alargamento do seu público-alvo estão associados a expansão do mercado de cosmética e perfumaria nas sociedades ocidentais tendo sido por isso uma grande oportunidade no passado.

No mercado português a mercado da beleza e da higiene tem registado um bom desenvolvimento com base no surgimento de linhas específicas de produtos para o canal da grande distribuição, da maior oferta das marcas no comércio moderno e também como a introdução de produtos dos reservados à distribuição selectiva.

Estado da indústria

A indústria encontra-se numa fase de maturidade, na generalidade das vertentes de comercialização, assim são mercados “maduros”: grandes superfícies, distribuição selectiva, venda por catálogo e farmácias, na comercialização através dos respectivos canais de distribuição. Sendo por isso de difícil a entrada, ou representa elevados custos de entrada. O único método de comercialização que ainda pode ser explorado é o comércio electrónico, uma das grandes tendências de todo o comércio de produtos e onde ainda não existe uma referência, apesar de já existirem inúmeros sites (lojas online) a vender perfumes.

Produtos que podem ser comercializados dentro deste nicho de mercado são: Perfumes, águas de toilette e águas-de-colónia.

Factores críticos de sucesso da industria da perfumaria

  1. Celeridade no atendimento e entrega dos produtos;
  2. Qualidade do serviço prestado (clientes satisfeitos e esclarecidos);
  3. Disponibilidade de produtos;
  4. Qualidade e originalidade dos produtos oferecidos;

Motivo da compra de perfumes pode ter 2 finalidades distintas: Uso próprio, ou para elementos do agregado familiar ou para ofertar em forma de presente, sendo por isso um mercado apetecível.

O negócio da perfumaria e cosmética é altamente competitivo e as margens de comercialização são baixas, por norma a rondar pos 20%, um entrave a concretização de um negócio nesta area é o investimento inicial para stock, já que os perfumes são dos líquidos mais dispendiosos do planeta. Um litro (10 embalagens de 100ml) de perfume Hugo Boss Bottled (original) custa sensivelmente 600€!

Existem também cópias dos perfumes originais, são perfumes de linha branca com fragrâncias idênticas aos originais e vendidos por preços muito inferiores, pois não incorporam custos de desenvolvimento de novos perfumes, apenas é produzido algo idêntico aos perfumes mais conhecidos.

Uma oportunidade são os perfumes feitos a partir de casa, com os ingredientes certos é possível criar os próprios perfumes e quem sabe criar um negócio com base na originalidade e exclusividade que os perfumes feitos em casa  podem representar.

Fazer perfumes em casa

Para iniciar a produção de perfumes em casa irá necessitar de alguns produtos, nomeadamente: Essências e produtos base. Depois será necessários fazer experiências, ou seja, várias combinações de essências e quantidades até encontrar aromas que façam sentido. Com base neste processo e com a recolha de impressões sobre os mesmos de amigos pode encontrar algo de original que satisfaça as necessidades de algumas pessoas. A forma de comercialização mais simples será através da sua rede de contactos, e tudo dependerá da satisfação dessas para que se possa pensar em algo de maior dimensão.

É completamente diferente vender perfumes provenientes das grandes marcas (perfumaria selectiva) e produtos caseiros ou de linha branca, se bem que os caseiros possam ser originais e exclusivos, penso que não seja fácil triunfar neste sector, em qualquer das hipóteses apresentadas.

Comentários

  1. Sun_rise_pt diz:

    Muito interessante o artigo.
    Onde se poderão adquirir os produtos, como Essências e demais produtos base?

  2. margarida diz:

    Olá, quero saber o que faço para comprar o vosso produto a grosso para revender a retalho numa perfumaria, colalizada na Província de Cabinda-Angola.

    obrigada