Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saber mais

Mudar é natural



Uma das coisas que podemos cada vez mais considerar vulgar é a mudança.

Mudar para melhor é sempre bom.

Como queremos ser cada vez melhores. É também porque a mudança faz parte das nossas vidas. Por exemplo, quem não faz desporto e inicia essa jornada, está a mudar por um futuro mais saudável. Esta foi uma mudança que fiz. Adicionei a corrida à minha vida, já terminei 3 meias maratonas. E espero continuar a correr, reforçando a consistência. Há mérito em querer ser melhor todos os dias. Não há quem não queira melhorar. É transversal.

A idade faz-nos mudar

Algo que cresce connosco é a mudança. Ao longo da nossa vida podemos mudar radicalmente os gostos, as opiniões, enfim tudo pode mudar. É até normal que assim seja.

Quando tinha 20 e tal anos gostava de ir ao McDonald’s, não existia em Castelo Branco. Cheguei a ir de propósito à Covilhã comer um Big Mac. Ora passado uns anos deixei de gostar. Hoje a única hambúrguer que lá como é a de peixe. Hoje, gosto de hambúrgueres feitas em casa, com apenas carne de vaca. Se forem grelhadas na brasa melhor.

Outra mudança que vi acontecer em mim, foi a utilização de vestuário. Se no passado gostava de andar de sapatilhas e calças de ganga, hoje nem tanto. Depois da introdução de sapatos com calças de ganga, passei a andar cada vez com menos ganga. Na minha actividade profissional, utilizo o que me apetece. Não contacto ainda com clientes. Caso contrário teria outra atenção ao que vestia. Apenas tenho de vestir o que me faz sentir bem. O vestuário que vestimos influência em muito o nosso estado de espírito e performance. Se nos sentirmos bem, somos mais.

Também há coisas que não mudam, a minha paixão por motas tem tido altos e baixos, mas ainda não desapareceu! Gosto de andar de mota.

Transformação digital

A tecnologia tem forçado a mudança. Novos hábitos, novas rotinas são incutidas na vida das pessoas de forma sistemática. Temos o poder de controlar as nossas vidas. Temos o poder de depender menos da tecnologia.

Há cada vez mais movimentos que fomentam a não socialização através de plataformas digitais. Fomentando outros estilos de vida, por sinal mais saudáveis. Temos o poder de escolher o melhor para as nossas vidas. Podemos socializar de outras formas. Em vez de passar uma hora numa rede social, podemos utilizar esse tempo para ler. Podemos beber uma bebida com um amigo. Podemos escutar alguém que precisa de desabafar. Não há quem tenha tempo para escutar. A atenção é algo cada vez mais valorizada. Por isso adoro o estilo de vida em aldeias. Há tempo para tudo.

Ler mais é um dos meus objectivos. Tenho uma série de livros cá em casa à espera de serem lidos. Preciso de mais determinação.

“É loucura fazer sempre a mesma coisa e esperar resultados diferentes.” Albert Einstein

Perceber o que irá mudar à nossa volta não é fácil. Mas podemos controlar mais ou menos com algum rigor as nossas próprias mudanças. Assim podemos procurar novos resultados fazendo coisas diferentes. É algo de básico, mas por vezes de difícil execução. Somos por vezes moldados pelos que nos rodeiam. Revolta-me ver grupos de pessoas cada um com seu aparelho electrónico. Parar, pensar e agir é fundamental.

A verdadeira socialização faz muita falta. Ter a capacidade de perceber e agir de forma coerente requer alguma reflexão. Por vezes somos ovelhas que andam em rebanho. Agimos por modas e por imitação. Livrai-nos Senhor do que é vulgar.

O Nuno vai mudar ainda mais

2019 será um ano de mudança radical para mim. Vou impor-me disciplina e organização como nunca antes tinha feito. O investidor.pt vai receber de mim mais horas. Não que pretenda aumentar a frequência de publicação. Mas pretendo melhorar o blog no seu todo. As ideias estão definidas. Falta só executar.

Algumas dessas mudanças serão partilhadas aqui no blog ou através da newsletter.

A newsletter do blog merece também umas palavrinhas. Quando expirou o meu anterior cartão de crédito, deixei que me cancelassem a conta da newsletter. Perdi cerca de 5000 pessoas inscritas. Desta vez será muito diferente, vou trabalhar 3 meses (ou mais) na newsletter, de forma organizada. Será apresentada quando estiver totalmente concluída. O email é a ferramenta certa para enfrentar os desafios do futuro na internet.

Algumas coisas que estão na minha lista para 2019 e seguintes

  • Programar o exercício fisico
  • Melhorar hábitos alimentares.
  • Reduzir a presença em plataformas sociais
  • Ler mais. Dedicar mais tempo à leitura.
  • Alterar o meu estilo de vida. Ser mais Nuno
  • Finalizar o meu projecto agrícola
  • Ter mais tempo de lazer (praia, andar de mota)
  • Regular o sono.
  • Concluir a organização dos meus projectos na internet
  • Preparar/planear o meu novo negócio
  • Preparar o blog investidor.pt para o futuro.

Ano novo -> Vida nova

O início do ano promete sempre ser óptimo para a realização de sonhos. Escrever esses sonhos e estabelecer os passos para lá chegar parece-me muito adequado. Se bem que sempre me tenha afastado do tipo de resoluções. Mas dei conta que faz muito sentido introduzir isso na minha vida. Disciplinar-me a fazer as coisas que quero parece-me acertado. Espero não me desiludir. As metas estão a ser traçadas. Os caminhos podem ser vários. Alguma coisa será decerto adicionada e novos hábitos espero conquistar.

Em 2020 há uma nova oportunidade para tentar. O tempo passa num instante. Aproveitar as nossas 24 horas de forma sensata e ponderada, fazendo o que queremos e gostamos parece-me o melhor conselho. Faça o que o faz feliz. Mude. Avance. Bom ano

  1. nuno diz:

    Os Nunos estão com as mesmas ideias ahah.