Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saber mais

Momentos em que é melhor não investir em acções !

O investimento nos mercados bolsistas não é uma ciência exacta, pois existem sempre lições que os mercados nos dão, que não queríamos receber, as que mais marcam vêem acompanhas de desapontantes menos valias. Como ninguém gosta de perder dinheiro é necessário ponderar bem o momento de entrada ou reforço de posições.  Escolher o momento certo para investir é tão fundamental como a escolha dos próprios activos.

Após o artigo sobre comprar em mínimos e os melhores momentos para comprar acções, parece-me pertinente invocar algumas razões para não investir em acções em determinados momentos, pois as tentações são muitas e as ânsias de ganhar dinheiro podem resultar num desastre financeiro. Até porque após experiências falhadas e menos valias realizadas é natural que se abandone este tipo de investimento, que tanto pode render ou retirar.

Perspectivas negativas face ao futuro

Se é verdade que as bolsas tendem a mostrar a recuperação da economia nos 6 meses que antecedem a esta, também é verdade que qualquer pessoa pode saber que nos próximos 12 meses não acontecerá essa boa nova para os portugueses e para os investidores. Assim aguardar por melhores dias pode ser a decisão mais acertada. Ciente que a bolsa pode cair ainda mais, também reconheço boas oportunidades pelos níveis actuais de preço de certos títulos. Mas claro se pudermos comprar ainda mais barato, melhor!

Os momentos quentes

É comum que em certas situações relacionadas com a empresa emitente das acções possam ser acompanhadas de grandes valorizações, esses momentos não são os melhores, uma das frases que mais se ouve é “comprar na rumor venda na facto”. E já foi comprovado por mim, não segui esta regra e dei-me mal já por algumas vezes. Muito por culta da minha própria irracionalidade momentânea face às empresas e também acompanhada de ignorância ou perspectivas completamente erradas da situação 🙁

Bolhas especulativas

Estes movimentos que são visíveis por sectores da economia acontecem de tempos a tempos, investir no início  pode dar frutos, gera mais valias se se vender no perto do auge, contudo pode-se pensar em todos os sectores com perspectivas de longo prazo. Investir após o estalar da bolha e pensar no longo prazo, já acho que pode ser uma ideia! Comprar no pico é que não!

Mas a bolsa está a saldos?

Sim, é verdade a bolsa portuguesa está a saldos, mas já estava na Junho ou em Março ou até mesmo Janeiro. O que podemos ver é que têm existido muitos dias negros nas bolsas, são uns a trás dos outros. Assim se hoje existem oportunidades, provavelmente dentro de 3/6 meses essas oportunidades serão ainda maiores. Dependerá da inversão do ciclo económico ou da situação internacional das economias.

Porque existem momentos é que não fazer nada já se está a ganhar, ou não se perde.