Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saber mais

Investimentos financeiros versus investimentos empresariais

imagem de uma balançaExistem 2 grandes grupos no que diz respeito a investimentos, os financeiros e os empresariais. Se bem que existem outros conceitos de investimento, que ficam de fora, por exemplo investir em nós próprios, investir no conhecimento e até os melhores investimentos que se podem fazer, que não fazem parte desta separação pela natureza do investimento.

No que diz respeito a investimentos com perspectivas de retorno, obter rendimentos financeiros, existem formas que proporcionam melhores rendimentos do que outras, tal como existem formas complexas e mais simples de rentabilizar as poupanças. Existe um enormidade de possibilidades para realizar investimento assim, e tal como já foi referido, temos de avaliar onde investir por forma a que nos sintamos bem com nós próprios e com os riscos que estamos dispostos a enfrentar.

Investimentos financeiros

Fazer a aplicação de poupanças em produtos que proporcionam obter um rendimento através de intermediários financeiros.

Os investimentos financeiros enquadram-se no que é publicitado pelas instituições financeiras, constituição de depósitos a prazo, investimento em mercados financeiros e mercados monetários. Temos também o agrupamento de produtos de investimento complexos (não são simples), títulos de dívida (obrigações) privadas ou públicas.

Estes investimentos caracterizam-se por serem padronizados, ou seja, são muito idênticos nas formas em que são disponibilizados, exemplo: depósitos a prazo, maturidade, taxa de juro e periocidade dos juros e capital. Normalmente o risco associado a cada classe de activos também pode ser facilmente percebido, por exemplo: através da volatilidade em mercados financeiros ou do rating da empresa.

Rendibilidade

As rendibilidades que se conseguem em investimentos financeiros dependem muito do montante  que se investe e de que forma se investe. As estratégias de investimento podem ser de curto ou longo prazo, configurando posturas diferentes e níveis de conhecimentos também diferentes.

Risco

O risco associado aos investimentos não é único uma vez que existem vários níveis de risco a que se pode estar exposto. Um aspecto importante é que os riscos associados aos investimentos financeiros conseguem ser medidos de forma relativamente fidedigna e com um desvio mínimo.

Artigo de apoio: Aprender a investir nos mercados financeiros

Investimentos empresariais

Investir através de negócios é um investimento empresarial, mesmo que não exista uma empresa constituída. Para investir em imobiliário, em arte, na agricultura ou numa atividade comercial, nem sempre é necessário ou obrigatório a constituição de uma empresa, contudo os rendimentos são originados através de actos de comércio.

A criação de uma empresa é um investimento que produz efeitos na comunidade onde se insere, pois pode originar postos de trabalho, pode transformar uma ideia num fortuna ou pode ser um completo fracasso e perder o dinheiro e o tempo investido. Tudo pode acontecer.

Rendibilidade

Os investimentos empresariais podem dar origem a postos de trabalho, o que de certa forma, vêm alterar a forma de medir a rendibilidade, pois um negócio que não produz resultados líquidos ou proveitos, pode ser bastante generoso com o proprietário através de outras formas, como a utilização de viaturas ou colocação de certas despesas nas contas da empresa.

Risco

O risco é difícil de medir,  pois para uma mesma actividade comercial existem factores que condicionam totalmente os resultados obtidos, seja a localização do estabelecimento, seja a forma de comunicar, e outros aspectos onde é difícil medir com rigor e prever o que quer que seja. Por exemplo a simpatia num atendimento de clientes, é difícil de medir, mas que tem o seu impacto ninguém duvida.

Compra e venda é um acto típico de actividades empresariais, se bem que também possam ser realizados em mercados financeiros.

Artigo complementar: onde encontrar ideias de negócio

Os investimentos financeiros podem ser investimentos empresariais, por exemplo alguém que se dedique à compra e venda de curto prazo nos mercados financeiros, mais do que investir a pensar no futuro, obtêm-se rendimentos no presente através de negócios constantes nas bolsas.

Também se poderá dizer que os investimentos financeiros  favorecem indicadores macro-económicos (aspectos globais da economia) e os investimentos empresariais melhoram os indicadores micro-económicos (aspectos mais próximos das pessoas) .

Poupanças paradas é que pode não ser boa ideia, pois não geram qualquer rendimento, desde que se disponha de um fundo de emergência financeiro para uma eventualidade, o investimento é o único caminho para arriscar a multiplicar as poupanças. os objectivos de cada tipo de investimento também são diferentes no conteúdo se bem que o objectivo final será idêntico: ganhar dinheiro 😉

Comentários

Os comentários deste artigo estão fechados.