Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saber mais

Ideias para investir na agricultura

investir agriculturaFico agradado por cada vez mais a agricultura se configurar como uma hipótese de investimento. Pelos recentes contactos que recebi a pedir opiniões sobre negócios agrícolas, cada vez mais pessoas têm consciência da importância da agricultura e pretendem desenvolver negócios agrícolas ou suscita curiosidade conhecer este tipo de negócios.

Um aspecto a considerar, antes de avançar é que as ideias a apresentar são baseadas em negócios reais, assim ideias para investir em matérias primas, como os cereais em bolsa, não constam deste artigo. A lista de ideias apresentadas são baseadas em bens produzidos na terra, ficando também de fora negócios relacionados com a pecuária.  As ideias cingem-se a negócios agrícolas reais ao alcance de qualquer um.

Considerações iniciais

Antes de iniciar um negócio como agricultor ou como investidor na agricultura, será necessário escolher o tipo de cultura que se quer desenvolver ou investir. As hipóteses são várias, sendo que o valor a investir pode ser limitativo para desenvolver culturas de latifundio.

O tipo de produto é um factor a ter em consideração

Existem os bens de primeira necessidade, como os cereais, as frutas e os legumes. Evidentemente que aqui a concorrência é maior, já que a procura também é maior, depois existem outros produtos onde a procura é inferior e onde também haverá menor concorrência.

A periocidade, ou tempo que os produtos mantêm as suas qualidades e podem ser consumidas, por exemplo: um dióspiro estraga-se mais rapidamente do que maçã. Tudo isto deve ser considerado nas escolha do que produzir.

Para quem produzir?

Um aspecto importante é escolher o mercado para quem vamos produzir e como vamos comercializar os produtos. A produção para consumo interno tem as suas vantagens, tal como produzir para exportação. Apesar do processo de comercialização ser diferente, o ideal será encontrarem quem adquira todo o “output” antes de iniciar a produção, ou estabelecer parcerias antes de desenvolver o negócio. Um dos aspectos críticos na produção agrícola é o seu escoamento.

Ideias para produzir Cereais

  • Produzir Milho
  • Produzir Trigo
  • Produzir Aveia
  • Produzir Centeio
  • Produzir Cevada
  • Produzir Arroz

Os cereais são elementos básicos da alimentação, consumidos em todo o mundo. Os cereais têm o seu preço cotado em bolsa. Regra geral para produzir cereais será necessário ter uma boa extensão de terreno para cultivo. Para saber mais sobre cereais visite: Cereal na Wikipédia

Ideias para produzir bens de grande consumo

  • Cultivo de Batata
  • Cultivo de Cebola
  • Cultivo de Cenoura
  • Cultivo de Alface
  • Cultivo de Feijões
  • Cultivo de cogumelos

Os produtos de grande consumo ou grande procura são produzidos de forma intensiva, geralmente com recurso a estufas de modo a maximizar a produção e abastecer o mercado. Não é necessário uma grande extensão de terreno para desenvolver algumas destas produções, as estufas podem ser a arma de maximizar produções. Artigo relacionado: Produção em estufa, agricultura do futuro.

Ideias para produção de micro culturas

  • Produção de ervas aromáticas
  • Produção de plantas para chás
  • Produção de espécies com pouca procura

Uma das ideias que mais gosto é “atacar” mercados pequenos, pois são por natureza pequenos e por isso muitas vezes desprezados pelas grandes empresas que pensam mais em volume. Assim ser o maior produtor de algo pode ser uma ideia a perseguir.

Ideias para pomares

  • Macieiras
  • Laranjeiras
  • Pereiras,
  • Pessegueiros
  • Figueiras

A fruta faz parte de uma alimentação equilibrada, tendo o seu lugar na mesa após as refeições. Sendo alimentos de grande procura existe também concorrência e muitos produtores. Talvez a especialização numa qualidade ou variedade de determinado fruto, por exemplo existem inúmeras espécies de maças. Regra geral também são necessários boas extensões de terreno, de forma a poder tirar partido dos investimentos realizados.

Ideias de produtos de baixo consumo (em Portugal)

  • Beringelas
  • Pimentos
  • Piri-piri
  • Pepinos

Existem produtos que não tendo muita procura em Portugal, se desenvolvem bem no nosso clima e que poderá ser uma aposta clara na exportação. Os frutos vermelhos como os mirtilos, parece-me ser um mercado onde já existem diversas explorações.

Estas são apenas algumas ideias, bastará percorrer um supermercado ou frutaria para ter mais ideias. Temos de ter em consideração o que pretendemos, pois é possível produzir bens de rotação elevada e grande procura, ou optar por um pequeno nicho de mercado onde será até por ventura mais fácil de liderar.

Em todos os casos é altamente aconselhável, estudar o mercado, os consumidores, os revendedores , a concorrência e ser especialista no que se produz, o que quer dizer que temos de estudar tudo sobre o que vamos produzir de forma a poder tirar o máximo partido do investimento e estar consciente dos riscos que enfrentamos.

Comentários

  1. Fátima diz:

    É muito interessante o vosso conselho, vou imprimi-lo para dar ao meu filho, que está procurando uns rendimentos extras

  2. Pedro Silva diz:

    Grande artigo, obrigado Nuno, isto até parece resposta ao e-mail que lhe enviei a pedir ajuda.

  3. Daniel diz:

    O artigo está muito limitado, tanto de ideias como de informação. A agricultura é a melhor saída económica que pode ter Portugal nos próximos anos. O Nuno poderia procurar informação e divulgar depois, no referente a ajudas que o estado tem a disposição com verbas provenientes da UE. Considero que este tema é de vital importância para o empreendedor motivado e portanto merece ser bem aprofundado.

    • Nuno diz:

      Olá Daniel
      Agradeço o seu comentário
      O artigo está limitativo, evidentemente. Tem apenas 750 palavras. Não é nenhum livro ou ebook sobre o assunto. Daniel já possuo vários artigos sobre agricultura http://investidor.pt/mais/agricultura/

      Provavelmente ainda não leu os artigos, mais serão escritos, tenha eu tempo e disponibilidade mental para isso.

      Votos de sucesso

  4. Pedro diz:

    Viva Nuno,

    Andamos em sintonia….

    A semana passada escrevi um artigo sobre o assunto.

    Um abraço e bons negócios

  5. Pedro N diz:

    Gostei bastante do artigo. Já tinha lido com atenção o artigo sobre a produção em estufas. Gostava de saber mais algumas sugestões nomeadamente onde se pode obter apoio (financeiro e não só) para iniciar uma actividade deste género.

    • Nuno diz:

      Olá Pedro, obrigado

      Também andei a pesquisar a questão dos apoios para negócios agrícolas, e acho que não vou escrever brevemente nada sobre o assunto. Isto porque neste momento estou à procura de outro tipo de incentivos ou apoios ao empreendedorismo. Não é fácil digerir tanta informação.

      Existem ajudas, talvez o melhor local para as procurar é em http://www.proder.pt

      Votos de sucesso

  6. Ana Alves diz:

    Olá Nuno,
    Não sei se conhece a realidade agrícola do Portugal que fala. Mas muitos produtores de batata que eu conheço estão a abandonar a produção por não conseguirem vender as produções a preços que sejam rentáveis. Pois a batata francesa e espanhola chega cá mais barata e alguma é vendida como seja produzida cá.

    • Nuno diz:

      Olá Ana

      Agradeço o seu comentário.

      Cada vez mais o “segredo” está na comercialização. Já sabemos que vivemos em tempos de abundância. Agora é necessário mais do que produzir, é necessário ter uma estratégia de escoamento dos produtos.

      Se o mercado é competitivo, tem de se diminuir custos, através da optimização dos meios de produção. Reduzir desperdícios. Ajustar a capacidade produtiva, etc.

      Não sei se leu os artigos já publicados sobre agricultura, http://investidor.pt/mais/agricultura/

      Só este assunto dá um artigo, talvez o escreva em breve

      Votos de sucesso

  7. Ricardo diz:

    Ola Nuno,descobri hoje o seu site e fiquei muito satisfeito com a qualidade do mesmo,artigos interessantes com conselhos uteis para investir em tempo de crise.Continue,bom trabalho.
    Cumprimentos.

  8. Carlos Martins diz:

    Boa noite.
    Gostaria de dizer a pessoa que fez este site ou blog que este está muito bem conseguido e para quem quer ter ideias seja em que área for esta muito bem concebido.
    Os meus parabens

  9. Pedro Filipe diz:

    Boa noite!

    Antes de mais, quero dar os parabéns pelo blog, por acaso estou á procura de algo onde possa investir, pois possuo os terrenos, mas a minha família nunca lhes deu o valor que eu penso que têm, acho que chegou a hora de fazer render as terras, só ainda não sei bem em quê, devido a ser em zona protegida do Douro.

    • Nuno diz:

      Olá Pedro Filipe

      Obrigado pelo seu comentário

      Não conheço os terrenos, nem a sua qualidade, nem as limitações do regime de protecção, mas decerto poderão ser aproveitados.
      Sendo no Douro, talvez plantar uma vinha?

      Votos de sucesso

  10. Marco Dias diz:

    Boa noite.
    Concordo plenamente com o Nuno e com o Daniel, referindo que a agricultura terá um grande desenvolvimento em Portugal nos próximos anos, com excelentes oportunidades de negocio.
    Durante muitos anos ficou esquecida, e foi desprezada pela economia nacional, mas que hoje desperta como solução para o crescente desemprego que se verifica.
    Em tempos de crise sempre surgem oportunidades, há que saber aproveita-la e acredito que existem potenciais e jovens empreendedores que vão vingar na agricultura.
    Quanto a informação sobre os apoios para a actividade agrícola, nos podemos ajudar.
    Quem estiver interessado visite o nosso site em http://www.gera.com.pt
    Cumprimentos e votos de muito sucesso.

  11. Marcio diz:

    Estou interessado em comprar um terreno por volta dos 2000 euros,alguem me sabe dizer onde consigo?sites ou informacoes divulguem.

  12. Rui Santos diz:

    Boa tarde sou Rui Santos moro em Lisboa mas tenho familia em Fortaleza brasil nao tenho dinheiro para investir mas se tiver alguem interessado na exportaçao posso ser tipo um vendedor em Fortaleza brasil agradeço a atençao

  13. João diz:

    Boa tarde.

    Sou mais um daqueles professores desempregados, cuja profissão creio estar votada, no meu caso, ao eterno adeus. Posto isto, estou a pensar em estabelecer-me na aldeia. Tenho alguns terrenos que gostaria de cultivar. Há por aí algum agricultor de sucesso (sem desprimor pelas orientações do dono deste site) que me dê umas dicas de por onde começar para transformar os campos rudimentares que tenho em terrenos férteis e rentáveis? 🙂

    Obrigado

    • Rui Jorge dos Santos Duarte diz:

      Não fique de mãos atadas.
      Sou um pequeno investidor, no sector primário, em especial agricultura.
      indique-me areas disponiveis e zona geográfica a fim de analizar se as
      mesmas se encontram de acordo com um projecto de desenvolvimento
      que estou a programar em 2014. Informe-me detalhes mais especificos
      Emvie-me detalhes para o meu e-mail a fim de desenvolver melhor a
      situção. Começa a lidar com profissionais do sector, produção,comercia-
      lização e exportação de produto.
      Os melhores cumprimentos.
      liz

      • NUNO MENDES diz:

        Boa noite tenho uns terrenos em Castelo Branco e gostava de rentabilizar estes mesmos terrenos na agricultura, para ter um projecto em concreto, mas não sei por onde começar.
        cumprimentos Nuno Mendes

  14. Silva diz:

    Boa noite,

    Estou interessada na produção através da Hidroponia. Para tal, ando a pesquisar sobre quais os produtos mais rentáveis. Se alguém tiver informações sobre o assunto que possa partilhar, desde já agradeço.

  15. Nuno Silva diz:

    Boa tarde,

    Gostaria que me ajuda-se em algumas questões que tenho sobre a plantação de eucaliptos;
    Se existe alguma lei que diz qual a distancia que devo dar ao lote do meu vizinho para a plantação?
    Em que altura do Ano é a melhor época para a plantação?
    É necessário alguma licença ou autorização do Ministério da Agricultura?

    Fico aguardar uma resposta
    Obrigado e felicidades

    • Rui Jorge dos Santos Duarte diz:

      Sera um plantação nova ou uma reemplantação, nestes casos para que
      alguem o ajude o melhor consultar o ministério da agricultura , pois é e-
      vidente que actualmente existem normas caso a caso e em função da sua
      zona geográfica,

  16. Marlene diz:

    Boa tarde!

    Gostaria de saber algumas informações.
    Tenho algumas plantas de mirtilos, amoras e framboesas para consumo próprio. Acontece que agora já começo a ter algum desperdício, já que não consigo consumir tudo aquilo que produzo. Gostaria de saber o que é necessário em termos burocráticos e trâmites legais para poder vender esse excesso a minimercados e mercearias.
    É necessário ter algum tipo de certificação, etc? O que preciso fazer?

    Obrigada pela atenção

  17. Daniel diz:

    Boa tarde tenho vos andado a seguir a um tempo, ando a pensar seriamente em investir na agricultura (estufas plantação de arvores …) pois estou desempregado mas ainda não consegui chegar a um consenso. A muitas hipóteses mas não sei para onde m virar. Sou da zona de Torres Novas existe aqui muita gente a montar estufas com o apoio do estado, Será que me conseguem indicar por onde devo começar. Obrigado.

  18. Manalvo Abreu diz:

    Muito Obrigado mesmo senhor… não imaginas como esta informação ajudou.. vivo num pais (Moçambique) em que muita gente precisa de ideias como estas, pós se fala tanto da luta contra a pobreza e não há de ideias de género… você deu me a melhor arma para essa luta..

  19. Otilina diz:

    Boa tarde.
    Parabens pelo site que é pratico e bem informativo, a partilha de ideias e conselhos são muito enriquecedores para os futuros investidore da agricultura. Eu estou a pensar em aproveitar os fundos comunitàrios para instalar um olival. Agradeço toda a informação sobre este assunto.
    Hà que continuar…..
    Cumprimentos
    Otilina

    • Nuno Casimiro diz:

      Olá Otilina

      Obrigado pelas suas palavras

      É boa ideia aproveitar os fundos comunitários.
      Não estou por dentro desse tema :-/

      Votos de sucesso

  20. valdo santos diz:

    olar gostei muito do seu artigo sou brasileiro e busco oportunidade de trabalho em Portugal sou técnico agrícola e gesto em agronegócio e curso atualmente ciências biológicas e gostaria de saber se tem mercado para mim ai em Portugal obrigado.