Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saber mais

Diversificar ou não diversificar investimentos?

Um dos assuntos onde geralmente mais se opina é sobre a alocação de recursos, se uns dizem que o melhor é não colocar todos os ovos no mesmo cesto, outros pelo contrário acham que é a melhor estratégia para ganhar dinheiro.

O senso comum diz-nos que ao diversificar está a diminuir o risco, pois fica exposto a um conjunto de activos onde o risco está disperso por vários sectores. Ao reduzir o risco reduz também o potencial de ganho, pois se investir por exemplo no conjunto de 2 empresas através de acções o mesmo valor, pode ter o seguinte cenário:

  • Acção A valoriza-se 20% no período X
  • Acção B mantém o valor inicial no período X

O resultado é que a média das rendibilidades é igual a 10%, ou seja, o facto de ter investido em 2 acções reduziu os ganhos, se ao invés tivesse investido apenas na acção A, tinha ganho 20%, que é precisamente o dobro. O ideal é fazer negócios certeiros!

Não diversificar

O maior investidor do mundo Warren Buffett diz-nos precisamente o que se deve fazer quando se quer ganhar dinheiro, investir apenas no que oferece o maior potencial. Lembrando ainda mais alguns dos seus ensinamentos, diz-nos que a primeira escolha é sempre melhor que a segunda, se estiver a pensar investir em 10 títulos o décimo não será tão apetecível quanto o primeiro, então porque investir nele?

Se diversificarmos ao ponto de ter 50 acções em carteira, como as vamos acompanhar de forma regular, só se não fizermos mais nada.

Ganhar dinheiro

Pensado em como  maximizar os resultados, é fácil ver que quanto mais foco se der a uma actividade, maiores são as probabilidades de sucesso. Não se pode ser bom em todos os sectores! Se se acompanha o mercado de acções no curto prazo talvez não consiga estar em cima do mercado de metais preciosos e ganhar em ambos.

Facilmente se compreende que uma pessoas que tenha 50.000 Euros para investir, se “espalhar” o investimento por 20 aplicações, como fundos de investimentos, aplicações a prazo, acções, ouro, certificados do tesouros, conta em Dólares, arte, produtos estruturados, e outros, dificilmente consegue tirar grandes rendimentos no curto prazo.

Já se ao invés disso, investir na criação de uma negócio ou utilizar a totalidade do capital para investimento em bolsa, pode-se especializar e com isso ganhar mais. Se bem que na criação de um negócio pode criar uma pequena fortuna basta ter uma boa ideia, já na bolsa é muito mais difícil conseguir isso.

Proteger a riqueza

A diversificação é uma forma de proteger o dinheiro, é uma técnica para não perder. Na minha opinião só se justifica em 2 situações: quanto se tem muito dinheiro e quando já estamos numa idade mais avançada, pois podemos enfrentar um ciclo descendente da economia e ficar presos numa baixa do mercado.

O capítulo da diversificação de investimentos, não é muito diferente de todos os outros aspectos da vida, se queremos ter várias profissões, provavelmente não seremos os especialistas em nenhuma delas, se queremos usufruir de tudo sem fazer alguns sacrifícios provavelmente também não chegaremos à independência financeira.

A dispersão faz-nos perder concentração, isso é uma verdade!

Comentários

  1. irene diz:

    ola boa tarde gostaria de consigo se podia ajudar-me
    tenho material em casa feito por.mim e nao sei como vende-lo
    se me ajudasse ficaria muito contenta
    muito obrigado
    tele. 0712457665- suissa
    irene

  2. Gilberto Pedro diz:

    Eu Gostei Da Resposta, Ate Eu Leio Estrategia Do Envistimento E É Muito Bom Aplicar Numa Organização.