Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saber mais

Como tive umas férias boas e com pouco dinheiro

piscina castelo de videPosso começar por adiantar que as minhas últimas férias foram provavelmente as  melhores que tive. O mais engraçado é que não foram as mais dispendiosas. Aliás, se tivesse gasto 5.000 Euros numas férias, não o referiria aqui.

Para começar, as férias foram em território nacional, passando apenas uma noite num hotel, tendo como base a habitação própria ou a casa da minha mãe. A questão das dormidas está ultrapassada. Ainda fui passar uns dias ao Algarve a convite de amigos. Feito o primeiro resumo, vamos à melhor parte.

A vantagem dos negócios online

Desde que me lancei na aventura dos negócios online, nunca tive por assim dizer umas férias tão longas, nos últimos 2 meses  apenas dediquei 4 ou 5 horas à internet. O bom desta história é que os rendimentos mantiveram-se praticamente inalterados. Só para que não me interpretarem mal, não tive 2 meses de férias, no mês de Julho tive outros afazeres, mesmo assim foram 5 semanas de descanso 🙂

Nos últimos anos apenas tive 2 semanas/ano sem ligar o computador.  Há sempre coisas para fazer. Mas desta vez nem aprovei comentários nem respondi a emails durante mais de um mês. Existe vida para além da internet.

O bom pode custar pouco

Este ano resolvi fazer um roteiro por piscinas municipais, foram várias, maioritariamente na região de Castelo Branco, foi a aventura à descoberta de piscinas municipais. Já costumava ir uma semana para a Piscina Praia de Castelo Branco em Agosto, mas este ano foi ainda mais divertido. Existem pechinchas, a piscina mais cara foi mesmo a de Castelo Branco, onde um adulto paga 3,80€. É uma autêntica “mina” para a autarquia, o que vem provar que nem todos os investimentos municipais são errados.

O bom é que o país está cheio de piscinas municipais, e qualquer pessoa encontra num raio de 50/100 Kms várias piscinas, assim usufruir destes locais de lazer e investimento público é uma boa ideia. Algumas são mesmo muito boas.

Felicidade é ver os sorrisos e entusiasmo da pequenada na descoberta das piscinas.

A praia ainda é grátis

Pelo meio ainda fomos uns dias à praia, a Costa da Caparica ainda é das minhas preferidas, muita areia, sol, ondas e bodyboard. O pior é mesmo a quantidade de areia que se traz para casa. O custo de uma ida à praia pode ser relevante para quem resida afastado da costa, mas a população portuguesa está concentrada no litoral e é bem provável que quem está a ler este artigo tenha uma praia a pouca distância, logo é só aproveitar.

Para encerrar a temporada fomos passar o dia ao parque aquático da Nazaré, uma boa experiência e também dia em que se gastou mais dinheiro, mesmo assim foram menos de 100€ e ainda fomos jantar a um bom restaurante. Foi a loucura total nos escorregas aquáticos. É nestes casos em que tenho de concordar que o dinheiro às vezes ajuda à felicidade. Não foi caro, mas também não foi barato 🙂

A felicidade está nas pequenas coisas

biblioteca-castelo-brancoNão querendo maçar com mais pormenores das minhas férias, existem ainda alguns apontamentos que gostava de realçar e que provam que o dinheiro não é  felicidade. Pequenas coisas como passear num parque e comer um gelado pode trazer imensa alegria, ou visitar uma biblioteca municipal pode ser uma actividade engraçada, tal como visitar um monumento (por ex: um castelo) pode um ser momento para mais tarde recordar. Existem imensas coisas que se podem fazer com recursos mínimos.

No futuro hei-de acampar 🙂

Esteve quase para ser perfeito, não fosse eu ter batido com a cabeça no fundo de uma piscina nos últimos dias de férias e tinha tudo para serem umas férias perfeitas. Apesar disso, estou bem, e é mesmo caso para dizer que podia ter sido pior.

Comentários

  1. Santos diz:

    Olá Casimiro!
    Não costumo comentar, mas sou um seguidor atento, além disso, sempre que leio os seus artigos, partilho-os.
    Também concordo com esta forma de fazer férias, pois é desta forma que sempre o fiz.
    Existem sítios lindíssimos por este pais fora, onde podemos descansar e divertir.
    Experimente acampar pois não há como estar junto da natureza. Depois de se habituar, não vai querer outra coisa.
    Fique bem!

    • Nuno Casimiro diz:

      Olá Santos

      Agradeço o seu comentário

      Acampar está nos meus planos, em breve essa aventura

      Votos de sucesso

  2. Luis Marinho diz:

    Excelente artigo !!!
    Nestes últimos anos tenho viajado pelo nosso país. Recomendo sites como o Odisseias e o Booking para obter os melhores preços.
    Gosto muito de Castelo de Vide com piscinas municipais a menos de 3,00 € e praia fluvial (grátis).

    Muito Sucesso !!!

    • Nuno diz:

      Olá Luís Marinho

      Obrigado pelo seu comentário.

      Castelo de Vide, é do melhor, não só a piscina, como mesmo a localidade. Gostei muito.

      Votos de sucesso