Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saber mais

A hora certa para investir na bolsa de valores

Um relógio antigoA procura de bons investimentos é uma caminhada que não termina, estar desperto para vários temas é uma forma de manter uma gestão do património familiar onde é possível diversificar e aumentar as fontes de rendimento.

Não existe uma hora certa para iniciar o investimento em acções, existem várias. Já que existem várias oportunidades ao longo do tempo para entrar e ser detentor de participação de empresas. Quase todas as empresas cotadas podem ser bons investimentos, tudo dependerá do preço a que se compra cada acção.

As oportunidades são muitas

Se a entrada em bolsa de uma empresa pode ser uma oportunidade, as famosas OPV (Oferta Pública de Venda), quanto mais recuarmos no tempo mais fácil é encontrarmos bons exemplos disso mesmo, no entanto também pode ser um mau negócio! Basta lembrar-nos dos casos recentes na bolsa nacional. As crises provocam a baixa da cotação da generalidade das acções, tornando-se deste modo apetecíveis para quem quiser iniciar o investimento directo em acções.

É na crise que se investe

Sabemos que as crises são momentos de instabilidade e risco, já que existem empresas que podem fechar (insolvência), no entanto também são geradoras de boas oportunidades. Talvez o maior problema das crises seja a falta de liquidez ou a dificuldade de acesso ao crédito, pois para concretizar investimentos é quase sempre necessário ter capital disponível.

Quando iniciei o investimento em acções (12 de Setembro) a incerteza era elevada quanto ao futuro. Com as devidas precauções e investindo valores que não julgamos necessitar no curto prazo pode dar resultado. Obviamente que no início os valores investidos devem ser um pequena parte do património que possui, para assim evitar a possibilidade de perder muito dinheiro.

Onde comprar acções

Existem muitos mercados e muitas empresas onde se pode investir, mas na minha opinião o melhor mercado é o doméstico, a decisão acertada é investir na bolsa portuguesa. As razões para investir na Euronext Lisboa são muitas:

  • Acesso a informação facilitada
  • Sem barreiras linguísticas (português)
  • Mercado conhecido (grandes empresas)
  • Reconhecimento da actividade da empresa
  • Holofotes nacionais sobre as mesmas
  • Mercado pequeno
  • Vários sectores de actividade
  • É português

Estratégias há muitas

Ganha-se sempre boas margens quando se vai contra a corrente, se todos estão a comprar nós vendemos, quando os outros vendem nós compramos. Se esta teoria é amplamente conhecida praticá-la é algo de mais complexo, pois o timing certo para dar a ordem de execução pode não ser fácil de encontrar.

Quando todos estão a vender as acções tendem a aproximar-se dos seus mínimos, o que as torna bons investimentos quando estamos a pensar no longo prazo. Estratégias para investir existem muitas, e cada um deve procurar as que lhe transmitam maior segurança e maior probabilidade de sucesso, ou seja ganhar dinheiro.

Não querendo ser consultor financeiro nem conselheiro, prevejo que vão existir boas oportunidades nos próximos 12 meses. A bolsa portuguesa está a saldos e é natural que seja o timing certo para fazer bons investimentos para quem tenha disponibilidade para os fazer. Os familiares que aconselho nos seus investimentos já estão novamente a investir neste mercado, já que é onde se pode ganhar bom dinheiro no curto prazo, fazendo sempre investimentos pensados para o longo. Através da análise fundamental e de mais alguns conceitos de investimento é fácil tomar decisões com um nível de risco baixo e podendo realizar mais valias (vendendo) caso os activos valorizem fortemente.

Por vezes é preciso uma força externa para impulsionar alguém a investir directamente em acções. É nos momentos de crise que se investe. Os mercados acionistas são uma das melhores formas de rendibilizar poupanças para o futuro, por isso merecem a sua atenção.