Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saber mais

Os melhores negócios para tempos de crise

As crises geram oportunidades, se a crise for acentuada maiores serão as oportunidades. O desespero no momento da venda leva a que o preço desça e assim é possível comprar mais barato. A aquisição de empresas em dificuldades é um dos negócios a pensar pois assim que a envolvente melhore é possível recuperar de períodos deficitários. A formação também é uma área que tende a ter boas performances e há ainda os negócios ligados a aquisição de bens pessoais, como a compra de imóveis ou até a compra de ouro.

O valor dos bens varia pela quantidade da oferta e pela quantidade da procura e este binómio acontece com todos os activos. Quando todos querem vender, existe excesso de oferta o preço baixa, quando todos querem comprar o activo torna-se escasso e o seu valor sobe. Assim os mercados ajustam-se à procura e à oferta e as oportunidades resultantes de uma crise não são mais do que consequência deste fenómeno (ajuste do valor).

Algumas ideias para negócios onde se pode investir na crise:

Compra de empresas

A aquisição de um negócio empresarial num momento de crise exige um perfil arrojado de investimento, pois as falências são comuns nos tempos difíceis, mas também se revela um grande desafio. A oportunidade está no facto de muitos dos concorrentes não conseguirem sobreviver e os que ficam ganharem mais clientes por via da diminuição da oferta. Também é o momento ideal para comprar concorrentes e assim expandir o negócio e a base de clientes. Negócios que podem ser aqui enquadrados, intermediários de negócios e avaliadores de negócios.

Formação

As crises são por vezes ricas em desemprego, se as empresas fecham as pessoas ficam sem os seus postos de trabalho, na busca por um novo emprego detectam muitas vezes a falta de competências, esta necessidade educativa é satisfeita pelas múltiplas empresas de formação profissional, bem como por escolas públicas e privadas. Assim e apesar de as perspectivas de futuro não serem animadoras, a formação é vista com um escape para poder evoluir pessoalmente e profissionalmente. Se existe procura por esta activiadade, os negócios ligados à formação também podem crescer. Cursos de formação ou explicações são alguns exemplos.

Compra de bens

Na generalidade, os bens disponíveis para venda ficam a preços mais convidativos. Quando todos necessitam de vender, tendem a baixar o preço, assim para quem deseja comprar fica com a vida facilitada pois paga menos pelo bem que pretende.  A pressão vendedora nunca foi benéfica para vendedores e quem consegue comprar nestes momentos pode fazer bons negócios. Por exemplo alguns negócios que actuam nesta área: sites de classificados ou lojas de venda de produtos em segunda mão.

Investir na bolsa

A bolsa funciona com base no clima económico que se vive, replica o “ambiente” em que se vive. Momentos conturbados podem originar boas oportunidades de aquisição de partes sociais das empresas cotadas. Investir na bolsa é um negócio/investimento de paciência e coragem, pois é precisamente quando todos estão a vender que se fazem os melhores negócios e é necessário saber esperar pelas melhores oportunidades para se tornar accionista de certas empresas. Uma das técnicas dos Gurus é entrar na bolsa quando todos estão a sair!

Negócios “low cost”

O consumidor parece render-se aos produtos de baixo custo, assim vender a preços de desconto é uma estratégia de negócio. Muito para além das famosas “lojas de 300″ pois estas têm fechado a um ritmo elevado (pelo menos na minha área de movimentação). O ideal é vender serviços de valor a baixo preço como: cabeleireiros, reparação auto, massagens, etc. Muitos negócios podem absorver o conceito de Low Cost, um exemplo que se tornou também num caso de estudo foram as companhias de aviação low cost.  Alguns negócios que estão a florescer nestes domínios são por exemplo os sites relacionados com descontos ou compras colectivas.

Artesanato

Cada vez mais as actividades relacionadas com os bens feitos manualmente e em casa ganha uma nova vida. Se antigamente eram as artes decorativas a ganhar grande relevância, nos dias de hoje sinto que as bijuterias e bordados voltam a estar em destaque com pessoas a aplicarem o seu tempo nestas actividades. Assim a venda de matérias primas parece uma óptima ideia, tal como a venda de produtos acabados. O factor crítico está muito na criatividade de cada um (o bom gosto) e na utilização de materiais de qualidade superior para se diferenciar da concorrência.

Coaching (desenvolvimento pessoal)

O Coaching está cada vez mais presente na sociedade, vem responder à necessidade de auto conhecimento na procura de melhorar a vida de cada um. É  nos momentos mais difíceis que as pessoas tendem a recorrer a estes serviços para superarem os obstáculos e desafios, permitindo o desenvolvimento da actividade. Multiplicam-se os cursos de master em Coaching, formação para ser coacher!

Emprego

As actividades ligadas ao emprego podem revelar-se muito úteis para um número de desempregados crescente. Além do comum recrutamento de colaboradores uma agência de emprego oferece hoje cursos de formação o que vai muito para além das actividades de recrutamento e selecção que estamos habituados. Nestes momentos existem até empresas que cobram para  receberem Curriculas, ou para receberem candidatos a um qualquer posto, o que não é o correcto mas não deixa de ser um negócio. Alguns negócios que podem crescer: sites de emprego, trabalho temporário, aconselhamento e apoio na busca de emprego e venda de livros de “como conseguir emprego”.

Os tempos de crise são tempos de oportunidades, mas nem todos têm coragem ou capacidade para usufruir destes! Assim podemos dizer que as crises são boas para quem quer comprar e ruinosas para quem quer vender. Estar atento e pré-disposto para empreender ou investir é o melhor caminho para tirar partido de crises, seja esta ou a próxima, já que as crises são cíclicas.


Siga-nos também em Follow

Comentários

  1. Pedro Silva diz:

    Mais uma vez muito oportuno Nuno.

    Parabéns!

  2. Nuno diz:

    Agradeço Pedro

  3. luis almeida diz:

    Bom dia tenho um bom negocio para quem quiser fazer um investimento relativamente baixo. Trata-se de centros de lavagem automóvel muito bem situados e com boa carteira de clientes.

  4. Ramiro Martins diz:

    Tenho um site de artigos a Led para venda.
    Como não tenho tempo para dedicar ao site e promove-lo decidi po-lo à venda. Se estás interessado num negócio de baixo investimento
    contacta-me

  5. humberto lage diz:

    boas…
    tenho uma loja no centro da Vila de Baião, distrito do Porto com cerca de 200 m2, não sei que negocio montar, alguem me da uma ajuda?

    o local e bastante movimentado, tem ao lado uma confeitaria e um banco, em frente o Hospital…etc

    obrigado

  6. isabel Pinheiro diz:

    Em resposta ao Humberto Lage, tenho uma proposta a fazer-lhe, tenho todo o recheio para esses 200m2. E um conceito inovador…nao sei se sera arrojado para uma vila,pois não conheço a zona.

    Caso haja pelo menos curiosidade,contacte-me.obrigado
    eden.correio@gmail.com

  7. Tulio Takemae diz:

    Olá,

    Muito interessante o artigo. Acredito que achará interessante minha empresa também. Desenvolvi uma metodologia de Prevenção, Identificação e Tratamento de Crise nos Negócios ao longo de 8 anos de pesquisa em 17 países. Com meu conceito, auxilio empresas do mundo inteiro a se prevenir contra crises internas e externas, e também a identificar e tratar crises em andamento.

    Abraço!

  8. fatima ramos diz:

    Bom dia,
    Gostei muito deste artigo. Como tantas outras pessoas procuro dar a volta por cima, utilizando as minhas capacidades para criar uma oportunidade de negócio. Após tanta procura de emprego e tanta desilusão, o artesanato talvez seja uma boa oportunidade. Mas não se prende com o que é comum encontrar , é um artesanato diferente e muito virado para a reciclagem. Agora a dificuldade está onde encontrar interessados, como chegar até eles.

  9. Francisco Alves diz:

    Tenho uma loja com 100m2 gostaria de uma ajuda para saber que negócio montar neste momento de crise. Fica muito bem situada Junto de escolas, pingo doce é numa zona com muita habitação .Padrão da légua perto do estádio
    Agradecia uma ajuda