Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saber mais

O franchising pode ser uma boa oportunidade para iniciar um negócio

caminho franchisingOs negócios são como as modas, umas vezes destacam-se certos tipos de modelos de negócio, outras vezes esses mesmos negócios parecem cair no esquecimento. O franchising é um desses casos pois parece que caiu no esquecimento. Este factor deve-se muito à comunicação social que deixou de falar deste tipo de modelo de negócio, ao reduzido investimento das marcas e à  conjuntura económica. Temos também de considerar as experiências negativas que alguns franchisings mostraram ao mercado, nem sempre os franchisings são bons, detentores duma marca com notoriedade ou possuem mais valias para apresentar aos franchisados são aspectos essenciais. Temos sempre que ter em mente que existem Franchsings bons, outros nem tanto. Como tudo na vida.

Iniciar um negócio através de franchising

O franchising pode revelar-se uma excelente oportunidade para pessoas com menores conhecimentos de gestão e marketing, pois possuem uma estrutura de suporte que ajuda a empreender. Regra geral existe um conhecimento, um modelo de gestão, tal como foi evidenciado no artigo: vantagens do franchising.

Para se lançar no mundo dos negócios empresariais, o franchising assume-se como a porta de entrada com maiores garantias de sobrevivência face a outras formas de criar negócios, contudo toda a atenção é pouca para que esta experiência seja realmente positiva.

Quem não possui experiência empresarial deve afastar-se dos franchisings que requerem um nível de investimento elevado, pois implica um investimento inicial avultado que será difícil  recuperar caso não seja um experiência positiva ou até mesmo conseguir financiamento para esse nível de investimento.

A ideia será escolher um franchising de baixo investimento inicial

Como escolher um franchising

Tudo pode ser subjectivo, pois depende de muitos aspectos, contudo existem algumas condicionantes que podem ser importantes para a tomada de decisão e devem ser ponderadas muito bem:

Área do negócio

Convêm que seja um negócio que se identifique com a pessoa, se se gosta de automóveis, algo relacionado com os automóveis parece ser acertado. Ao fazer o que se gosta, trabalha-se com prazer o que só por si é um factor motivador excelente. A escolha do sector de actividade também deve ter em conta o mercado. Seleccionar entre as preferências: pois ninguém gosta só de uma coisa.

Comissões exigidas

Para além do investimento inicial é preciso ter em conta as responsabilidades financeiras futuras, as bem conhecidas royalities. As comissões que serão pagas ao master franchiser, existem as fixas e as variáveis. Escusado será dizer que comissões variáveis são sempre preferíveis nos pequenos negócios e para iniciar um negócio. Um termo fixo mensal acarreta um risco superior, pois em casos extremos em que não se consiga facturar, é um custo que sairá do bolso do franchisado. Parece mais justo que se participe na medida do volume de negócios, pois assim é um custo em percentagem que saí do volume de vendas ou negócios.

As comissões fixas apenas são vantajosas quando se factura bastante.

Criação do primeiro negócio

No que concerne à criação do primeiro negócio, e devido ao apoio na fase de arranque, estrutura de suporte, formação e os riscos são menores, pois existe interesse da parte de todos que o negócio dê certo. Neste aspecto é talvez onde reside a maior vantagem de iniciar um negócio através de franchising, pois existe o acompanhamento e desenvolvimento do franchisado. Muito diferente de fazer tudo por conta e risco, o que nos pequenos negócios pode ser um factor fatal à sobrevivência do negócio. Sendo um factor muitas vezes desvalorizado, o acompanhamento, apoio e aprendizagem que os negócios em franchisings proporcionam não pode ser descurado.


Siga-nos também em Follow

Comentários

Os comentários deste artigo estão fechados.