Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saber mais

Negócios mais vocacionados para o comum dos homens

Tal como referido no artigo sobre negócios comuns para mulheres não existem empregos/negócios que sejam exclusivamente direccionados para os homens, podemos referir que se adaptam à maioria dos homens, mas não são exclusivos. Existem algumas áreas onde os homens têm muito maiores capacidades, e habilidades, assim como se sentem muito melhor do que propriamente as mulheres.

Construção civil

Uma das áreas onde os homens são vistos como uns excelentes trabalhadores é a área da construção civil e areas relacionadas. Profissões como canalizador, pedreiro, electricista, etc, são naturalmente preenchidas por pessoas do sexo masculino devido as características que estes empregos necessitam. Não que sejam trabalhos exclusivamente direccionados para homens, no entanto estes são os que se sentem mais a vontade nestas áreas e os que possuem naturalmente capacidades físicas para aguentar a carga física necessária para este tipo de trabalhos. Por isso, se é uma pessoa com aptidões e formação para este tipo de trabalhos poderá começar por fazer pequenos trabalhos a amigos e mais tarde até criar a sua própria empresa.

Condutor/motorista

Outra das áreas onde os homens se sentem como peixe dentro de água é na condução. Logo uma boa ideia de negócio é a criação de empresas de motoristas particulares, motoristas para transporte em turismo, transporte escolar ou transporte de mercadorias urgentes, já que e necessário gosto pela condução, pois serão horas agarrados ao volante. Aqui podemos também considerar o negócio dos Táxis, a particulariedade é que existem quotas que estão totalmente preenchidas, a solução passa por adquirir um táxi com licença para a actividade.

Segurança privada ou pessoal

O facto de muitos homens terem formação militar, através do serviço militar capacita-os para missões de segurança privada ou pessoal. Se bem que treino e desenvolvimento de competências de vários níveis serão sempre necessárias. Se aliarmos a segurança pessoal e a condução, poderá encontrar muitas pessoas (endinheirados e não só) que necessitam dos seus serviços, pois é nas alturas de crise económicas que surgem mais crimes e é importante zelar pela segurança de bens e familiares.

Concluindo, não existem áreas de negócios directamente ligadas a ambos os sexos. No entanto existem áreas onde, o homem ou a mulher, se sente mais à vontade e com mais capacidades para exercer determinada função com as características que necessita. Deverá iniciar um negócio nas áreas que se sentir completamente a vontade, e que a sua formação seja equivalente. Não se deixe levar pelas opiniões de que é uma área para homens ou para mulheres, mas sim tenha atenção às suas habilidades e os seus gostos. O importante é mesmo empreender seja de que forma for.

Neste artigo gostaria de deixar também um tributo ao meu avó (foto), pela demonstração máxima de empreendedorismo na família, as profissões do meu avó: alfaiate, cabeleireiro, agricultor, feirante, empresário (organizava bailes) isto em Portugal. Na França: madeireiro, viniticultor e trabalhador em fábrica de açucar. Foi ainda proprietário de uma taberna que fechou quando emigrou para França. Foi também um investidor imobiliário, pena é que esses terrenos sejam em ambiente rural e agora pouco valor têm, actualmente dedica-se apenas à pequena agricultura de subsistência, admiro-o muito.


Siga-nos também em Follow

Comentários

Os comentários deste artigo estão fechados.