Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saber mais

Master franchiser, o vendedor de franchisings

Existem 2 formas de adquirir um franching, directamente à Marca (casa mãe) ou através de responsáveis ou detentores da marca para determinado território, o Master Franchiser.

Assim o Master franchiser também apelidado de franchisador de uma marca pode ser o responsável pelo desenvolvimento e expansão da marca em determinado território. Uma das funções dos Master franchisers é encontrar e recrutar novos franchisados para a marca, e assim crescer nas zonas de actuação que têm responsabilidade. Até aqui nada parece fora do vulgar e nada parece existir que deva tomar-se atenções redobradas sobre a sua actuação.

De notar que já foi aqui abordado o tema dos franchisings por várias vertentes e perspectivas, pode conferir em: vantagens do franchising, desvantagens do franchising e também sobre osnegócios em franchising.

O negócio dos Masters franchisers

nota de 20 eurosPor incrível que pareça, o negócio dos master franchisers é diferente do do negócio própriamente dito da marca que estão a representar, o seu negócio principal é vender franchisings, o que torna muito perigoso os negócios em franchising.

Modo de actuação dos masters franchisers

Regra geral um Master Franchiser tem como objectivo principal expandir uma marca, utilizando os vários recursos disponíveis, seja na angariação de novos franchisados, na política de comunicação e Marketing para a sua zona de actuação.

Formar os franchisados e tentar obter mais lucros (ou retorno) para estes e para a marca em questão, tirando justamente a sua quota parte do sucesso, que ao que parece é de todos.

O Perigo dos Masters franchisers

É muito importe esta parte, pois não é fácilmente visivel e até bastante constragedora, pois os masters franchisers depois de estabelecerem a marca, abrangendo todo o território, ficam resumidos às percentagens que advêm dos resultados ou Royalties fixas dos franchisados, mas isso chegará? Não. Então encontraram a galinha dos ovos de ouro, no momento das renovações de contratos, retiram as licenças sobre essa zona e fica novamente disponivel para venderem um franchising a outro. Quando se contrata e paga por um contrato de franchising, não se está à espera que depois nos tirem o tapete debaixo dos pés, mas é o que acontece, especialmente onde há muita procura por essa marca.

Claro que todo o processo é legal, pois para ”fintar” os franchisados mais incautos utilizam contratos de performance e resultados para a unidade, no caso de incumprimento dá direito à perda de direitos inicialmente contratados/adquiridos. De salientar que as práticas referidas são totalmente legais, apesar de eticamente questionáveis.

Um ressalva, nem todos os masters franchisers utilizam estas técnicas para encher os seus bolsos de dinheiro, contudo nunca é demais ter atenção, os metodos e prácticas utilizadas pelos intervenientes do negócios para fazer escolhas mais informadas e por isso também mais acertadas.


Siga-nos também em Follow

Comentários

Os comentários deste artigo estão fechados.