Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saber mais

Foco versus abrangência

Fazer a comparação de termos antónimos é um exercício bastante elucidativo para várias situações, no artigo diversificar ou concentrar investimentos ou amortizar ou investir podemos facilmente tirar algumas conclusões de análise em situações díspares. O foco e a abrangência também nos podem dar boas pistas para nos orientar nas mais diversas decisões e opiniões.

Os resultados originados por cada uma destas atitudes são bastante dispares, pois se no foco total corremos maiores riscos de falhar, na abrangência esse risco diminui consideravelmente. Já os retornos são proporcionais ao risco.

Foco

O foco leva à especialização, sendo especialista pode-se vender mais caro, logo originando maior retorno financeiro. Mas o risco de não haver oportunidades ou necessidades dessa especialidade tornam o foco fatal. Por exemplo o que interessa ser especialista em domínios da internet, se as pessoas não lhe reconhecem valor.

Abrangência

A abrangência permite saber pouco sobre muita coisa, acabando por não ser bom em nada. Querer fazer tudo dá nisto, realmente faz-se, só não se faz bem. Claro que o risco é menor, pois existem várias possibilidades, várias saídas. Como exemplo: Um médico de clinica geral é abrangente, realmente pode solucionar diagnosticar muitas doenças e até solucionar muitos problemas de saúde dos seus pacientes, contudo o valor de uma consulta será sempre muitas vezes inferior quando comparado com um médico especialista. Tem mais pacientes, mas ganha menos. E talvez tenha estudado o mesmo número de horas.

O que é realmente bom

Nos 2 casos existem vantagens e desvantagens, existe quem defenda que se deve ser o melhor do mundo em algo, pois permite criar valor, existe por seu lado quem defenda precisamente o contrário, pois oferecer uma quantidade imensa de soluções trás benefícios pelo facto dos interesses e necessidades serem diferentes podem satisfazer diversos desejos ou necessidades. Mas se se for abrangente dificilmente se será especialista em algo.

O meu exemplo

Se quando comecei a jornada dos negócios na internet pretendia ser abrangente, essa visão e estratégia alterou-se por várias razões, actuando agora com mais foco, ainda não é foco total! Pois nos últimos tempos também me tenho focado na eliminação da abrangência.

Dou um exemplo: O que me interessaria a mim um site ou blogue dedicado à temática do emprego? Nada, mas eu possuía 2! Essa estratégia pertenceu a um erro comum, e que eu também caí, muito relacionada com a desistência de negócios online e com o fraco retorno desse investimento. Mas isso fica para outro dia/artigo.

Posso mudar de estratégias, mas deixo de perseguir os meus objectivos, os caminhos é que podem sofrer pequenas ou grandes alterações.


Siga-nos também em Follow

Comentários

Os comentários deste artigo estão fechados.