Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saber mais

Criar uma Papelaria, um negócio bastante diversificado

As papelarias, tabacarias são centros de comercio onde se pode encontrar bastantes referências ou produtos e adaptadas ao local onde estão situadas, oferecendo assim uma oferta que responde às necessidades dos clientes locais. Esta actividade tem evoluido naturalmente e com uma posição de estabilidade face ao futuro pois permite satisfazer vários tipos de necessidades. A própria origem do nome papelarias provem do facto comercializarem essencialmente artigos derivados do papel ou relacionados com o mesmo, assim os produtos base deste negócio deveriam ser: papel (folhas), envelopes, dossiers, cartolinas, lápis, canetas, marcadores, etc. O que nem sempre acontece.

As papelarias de antigamente, centravam muito o seu negócio em material escolar como os livros escolares e todo o material escolar que um aluno necessita para não ter falta de material! Hoje sente-se uma evolução considerável, neste negócio existe agora uma menor dependência deste tipo de artigos, centrando o seu negócio em imprensa escrita, os jornais e revistas, pois permitem vendas regulares e mesmo sazonalidade.

Papelarias sem papel

A polivalência deste negócio é um dos seus pontos fortes, o negócio do papel deu lugar a um conjunto de artigos que nada têm a ver com papel, assim as papelarias tornaram-se tabacarias, reprografias ou centros de cópias, doçarias e vendem um sem número de artigos. Hoje existem papelarias onde não se vendem folhas de papel coloridas a vulso, ou simples cartolinas, algo que era quase obrigatório à uns anos atrás.

Papelarias doçarias

As papelarias nas proximidades de escolas podem vender bastantes pastilhas, gomas, chocolates e até snacks fazendo concorrência a cafés da redondeza. Muitos destes artigos têm margens de lucro gigantescas, como a venda de gomas a vulso. A localização afecta muito o tipo de cliente. As escolas proximidades de escolas podem ser bons locais para estabelecer uma papelaria.

Papelarias centros de cópias

A evolução tecnológica permite fazer fotocópias em qualquer lado, com o recurso a uma simples impressora, adicionando mais um motivo para visitar o estabelecimento. Na vertente mais profissional das cópias de papel, podem ser utilizadas máquinas profissionais de reprografia, onde o custo por cópia é menor, onde abre novas oportunidades, por exemplo a impressão e encadernação de trabalhos escolares. A aquisição de uma impressora de papel de dimensões superiores a A1, irá diferencia-la, no entanto é requerido conhecimento técnico para executar certos trabalhos. Tudo depende do espaço disponível.

Papelarias artesanato

O artesanato nas suas variantes como as artes decorativas, artes plásticas e pintura também têm conquistado espaço em algumas estabelecimentos, vendendo deste tinta, pinceis e outros artigos, complementando a actividade principal.

Papelarias podem ser agentes da Santa Casa

Podemos encontrar papelarias onde é possível registar jogos sociais como o Totoloto e Euromilhões. Sendo hoje uma mais valia para estes estabelecimentos, já que as concessões da Santa Casa , não são fáceis de obter. Por vezes as comissões provenientes dos jogos são suficientes para pagar a renda do estabelecimento. Ser agente de jogos sociais é uma factor diferenciador e valorizado na hora de vender ou comprar uma papelaria.

A polivalência deste negócio ganha um admirador, considerando-o como um dos bons negócios para criar e investir. Pelo menos uma opção a considerar na hora de criar o próprio posto de trabalho. Apesar de não ser um negócio de margens de lucro muito elevadas comparativamente a outras actividades, permitem ter um negócio duradoiro que se pode perpetuar no tempo.


Siga-nos também em Follow

Comentários

  1. Pedro Silva diz:

    Nuno sabe-me dizer quanto ronda mais ou menos para investir numa papelaria??

    E já agora as margens de lucro.

  2. Nuno diz:

    Boas Pedro

    Não é um investimento elevado! Mas claro depende do tipo de papelaria que estamos a falar, se for quase uma tipografia pode ficar mais dispendioso.

    As margens variam muito de produtos para produto: tabaco, revistas e jogo ronda os 6% em outros artigos as margens são bastante superiores.

    Votos de bons negócios

  3. Pedro Silva diz:

    Por acaso era um negócio que ate gostava de ter.

    Nuno não me pode enviar o seu e-mail?

  4. susana diz:

    bom dia tenho uma grande vontade abrir uma papelaria vivo na margem sul gostava que me desse informações mais precisas, por exemplo onde começo para ter contactos com fornecedores?
    lucros e despesas associadas, investimento inicial, etc

    obrigada

    • jose manuel diz:

      tenho um conceito de negocio para trespassar – kiosk -cafe – tabacaria – jogos santa casa – copias etc
      localizaçao margem sul

      • Maria diz:

        Eu moro na margem Sul tb, gostaria de perguntar ao sr . Jose aonde fica a sua papelaria para a ver, se me agrada,
        Cumprimentos.

  5. Nuno diz:

    Olá Susana
    O que necessita é um plano de negócios para abrir um papelaria
    O melhor será contactar o proprietário de uma papelaria e fazer todas as perguntas. Ficará também com uma ideia mais precisa sobre a actividade.

    Votos de bons negócios

  6. Alexandrina Mota diz:

    Olá abri uma pequena papelaria em Setembro de 2011, nesta zona já teve uma papelaria mas esteve fechada 15 meses e as pessoas começaram a procurar outros locais e tem sido difícil recuperar os clientes ou arranjar novos clientes, isto para mim é tudo novidade porque ainda continua a procurar fornecedores pois não sabia nada deste ramo e estou a aprender, mas tenho tido clientes a perguntar se tenho outro tipo de artigos para vender como bolos, sumol etc etc, eu posso vender isso na minha papelaria Nuno, será que me pode dar alguma dica, ou o seu endereço electrónico para colocar algumas questões por exemplo.
    Fico a aguardar noticias.
    Votos de bons negócios

  7. João Ferreira diz:

    Ola Nuno, tudo bem
    O meu caso é um negocio de sucesso em papelaria,
    Pretendo comprar um trepasse por 95.000€, de uma papelaria de grande lucro, com santa casa e passes sociais, mas de facto não tenho esse dinheiro, nem ninguém que me empreste a médio prazo.
    Vou ter de pedir uma linha de crédito do invest+ do IEFP , porque estou desempregado.
    Mas esta situação não é fácil. Porque tenho de apresentar um plano de Negócios.
    Será que me podes dizer onde conseguir um plano de negócio tipo para papelaria ?
    Não queria mesmo perder esta oportunidade de Excelente Negocio, já contactei o meu banco, mas como é muito dinheiro não me emprestam, mesmo sabendo que esta casa factura muito bem.
    Obrigado

  8. Nuno diz:

    Olá João Ferreira
    Saúdo o seu espírito empreendedor

    O plano de negócios não deve ser problema, existe quem faça (Basta fazer uma pesquisa no Google) PdN por valores a rondar os 500 a 1000€, o que me parece um valor aceitável, para além de serem financiados por grande parte dos fundos ou incentivos, nomeadamente os do IEFP. Com o plano de negócios pode então tentar o financiamento através da banca.

    Nunca esquecer de contactar o IAPMEi, pois pode ser a solução para muitos casos.

    Votos de sucesso

  9. Nuno Chaves diz:

    Desde já gostaria de parabenizá-lo pelo excelente trabalho desenvolvido pelo site.
    Gostaria, se possível obter algumas opiniões relativas a um negócio que tenho vindo a ponderar.
    No momento encontro-me desempregado, apesar de ter algumas qualificações academicas na prática acho que não sei fazer nada.
    Estou a pensar em abrir uma papelaria ao pé de uma escola e um café bem movimentado só que a loja onde eu poderei instalar tál negocio o dono pede-me 1200 euros de renda, mais os custos fixos associados ao funcionamento da loja, não sei se é viável! Se alguém me pudesse dar uma ideia de qual é a faturação de uma papelaria(em média), para eu ter uma ideia se vale apena arriscar seria muito grato. obrigado pela ajuda. Nuno Chaves

    • Nuno diz:

      Olá Nuno Chaves, obrigado pelas suas palavras.

      A resposta que não diz nada :-( .Depende, de muitos factores, por exemplo a adesão dos alunos, o nível de ensino, idade dos alunos, etc. Os negócios locais podem ser bons, especialmente se a localização for muito boa.
      Fazer um pequeno estudo de mercado por ser benéfico com recurso um questionário aos alunos pode ser uma ajuda para aferir a necessidade da papelaria.

      Fazer previsões é sempre arriscado
      Votos de sucesso

  10. Miguel diz:

    Boa tarde Nuno,

    Tenho uma papelaria desde outubro de 2011 e desde a abertura da loja tenho tentado colocar os jogos da santa casa no estabelecimento, inclusivamente fiz uma petição com recolhas de assinaturas .
    Até à data de hoje as respostas deles são sempre as mesmas, ou seja, temos que aguardar a abertura dos concursos.
    Sinceramente, estou a pensar sériamente na possibilidade de desistir deste ramo, porque como o Nuno sabe, as vendas de jornais, revistas e tabaco não são suficientes para fazer face a uma boa rentabilização de negócio.
    Agradeço o seu conselho a este assunto.
    Obrigada
    Miguel

  11. Paula Santos diz:

    Ola boa tarde!
    Gostaria de ter informações para poder abrir uma papelaria/ tabacaria, nunca trabalhei no ramo, nem percebo muito, estou a pensar em abrir com outra pessoa. A loja fica numa estação, na qual está sujeito a concurso. Neste momento estou desempregada e a outra pessoa também. Como poderei saber mais sobre o assunto, fornecedores, lucros, despesas a ter com tudo, etc. Se me podesse aconselhar agradecia.
    Obrigada
    Paula

  12. Nuno diz:

    Bom dia,

    Também estou interessado em montar um papelaria. Mas neste momento estou no ponto “0″.
    Já tenho alguns possíveis locais, mas não sei por onde começar, até porque tenho de pedir crédito bancário utilizando uma das linhas de crédito de apoio à criação de novas empresas. Não faço ideia de quanto pedir, porque não tenho a noção do investimento necessário.
    Será que é possível facultarem-me um mail onde me possam esclarecer sobre estas questões e outras que irão surgir?

    Obrigado.

    Nuno

  13. gil diz:

    Boa tarde, alguem me podia fornecer o mail ou telefone de destribuidores de jornais e revistas vou abrir uma papearia e não sei a quem hei de ir.
    obrigado

    • Nuno Casimiro diz:

      Boa tarde Gil
      Talvez o melhor seja contactar um proprietário de uma papelaria. Acaba por receber dicas que podem ser valiosas.
      Votos de sucesso

    • Teresa diz:

      Os únicos fornecedores do ramo de jornais e revistas são a vasp e a logista

  14. alexandra diz:

    boa tarde !! se calhar a minha duvida é disparatada mas aqui vai :)
    existe algum apoio – Financiamento à criação de novas empresas- para quem está desempregado e não recebe subsidio nenhum ??? penso que quem pode usufruir destas “ajudas” são aqueles que recebem subsidio de desemprego …tenho 1 sonho :) queria muito “abrir” uma papelaria mas para começar não tenho muitos euros :) talvez não passe mesmo de isso !! de um sonho :) mas perguntar não custa :)

  15. Marcia Barreto diz:

    Bom dia,

    Também estou interessado em montar um papelaria. Mas neste momento estou no ponto “0″.
    Já tenho local que fica situado junto a universidade não existe nada por la, mas não sei por onde começar, até porque tenho de pedir crédito bancário utilizando uma das linhas de crédito de apoio à criação de novas empresas. Não faço ideia de quanto pedir, porque não tenho a noção do investimento necessário.
    Será que é possível facultarem-me um mail onde me possam esclarecer sobre estas questões e outras que irão surgir?

    Obrigado.

    Marcia Barreto

  16. cidalia ribeiro diz:

    ola bom dia abri uma papelaria em setembro gostaria de ter jogos da santa casa, euromilhoes totoloto lotaria raspadinhas.o que e que tenho de fazer. obrigada

  17. andreia diz:

    boa noite.
    Alguem sabe se para obter a maquina dos jogos da santa casa é muito dificil?

    • Teresa diz:

      se comprar uma empresa já detentora de jogos, e cumprir todos os requisitos e garantias por eles solicitadas, e obter a autorização da Santa Casa, não é dificil

  18. diane silva diz:

    ola a todos… eu estou seriamente a pensar em abrir um pequeno negocio para mim, visto que estou desempregada ha ja algum tempo e vivo numa pequena cidade onde encontrar trabalho nao e’ facil. ainda por cima tive recentemente uma filha que me ocupara algum tempo e encontrar trabalho com horarios razoaveis a poder criar uma crianca nao e’ facil neste mercado de trabalho de hoje em dia… assim pensei em varios ramos, e talves uma pequena papelaria com alguma mistura de ramo artesanal, visto que e’ algo que adoro fazer, fosse uma opcao. o problema e’ que nunca trabalhei neste ramo, nao calculo que seja nada do outro mundo, muito se resume a atendimento ao publico que e’ do meu agrado, so nao tenho qualquer conhecimento como iniciar o meu pequeno projecto. onde vou procurar fornecedores, e que adquirir para montar a papelaria, o que procurar para que se possa tornar mais rentavel… nao sei por onde comecar. ja li varias opinioes que dizem para falarmos directamente com um proprietario de uma papelaria, mas numa cidade tao pequena que eu vivo nao gostaria que andassem por ai a saber o que eu pretendo fazer antes que eu propria soubesse, e sejamos honestos, quem e’ a pessoa que hoje em dia se rala em tirar 5 minutos do seu tempo para poder facilitar a vida a um suposto concorrente?!!! se alguem que aqui ja tenha aberto negocio em papelaria me podesse ajudar, dar umas dicas, ou atreviria me ate a ir mais logo, e talves me facultar o email para possivel comunicacao sobre o assunto. o meu muito obrigado, diane silva

  19. Andriy diz:

    Ola! Eu era dono de papelaria 5 anos. Dou toda informacao sobre negosio para quem realmente presisa. Basta enviar para minha conta um valor qual quer. Quanto? Quanto voise pode. Ajudo no mesmo. :)

    • J SILVA diz:

      Bom dia,
      O PSM é o único que tem a perceção de como é a realidade. Tudo o que ele diz está certo e,
      todos aqueles que se abastecem nas grandes superfícies e pensam que tudo é mais barato, enganam-se,
      mas é um direito que têm, poder escolher onde querem ser servidos, mas para esses eu digo; QUANDO QUIZEREM EMPREGO PARA OS FILHOS, NETOS E AFINS, VÃO AO CONTINENTE, PINGO DOCE, etc, etc. Em relação ao Andriy é um analfabeto armado em chico esperto, dá um ovo a quem lhe der uma galinha, o que para mim pode ir bugiar, pois não ajuda ninguém, nem sabe para ele.

  20. Hélder diz:

    Olá bom dia
    Vou comprar um trespasse de uma papelaria e ando a informar-me sobre as cauções ou seguros que são necessários para adequirir o payshop e as revistas e jornais (vasp e logista). Já ouvi falar em valores muito elevados (5 mil euros de caução) ou então um seguro ou garantia bancária.
    Alguém sabe explicar-me isto melhor?! Obrigado

    • Andriy diz:

      Alem do caucoes tem varias surpresas que nem imaginas :) . Mais com Vasp e Logista, mas Payshop tambem tem uma surpresa para si. Menos problemas com tabaco, mas depende de fornesedor. Tambem poso indicar bom fornesedor do todo material para papelaria: cadernos, canetas, pilhas, e mil outras coizas. Tudo num lugar so, e preso muito baixo. Pergunta me :)

  21. ana diz:

    Boa tarde Andriy poderia dizer-me por favor o nome desse fornecedor de material para papelaria? Obrigada

  22. PSM diz:

    Já foi, e será cada vez menos um negócio rentável! Hoje em dia as papelarias\livrarias\doçarias, mesmo em frente das escolas pouco dinheiro dão, já não é à muito tempo um negócio rentável, sei bem do que estou a falar e passo a explicar o porquê:
    1º a concorrência é a mesma que está a acabar com quase todo o tipo de pequeno comércio, os hipermercados, eles vendem todo o tipo de material de papelaria, e é impossível competir com eles em preço. Estes gigantes até já vendem todos os manuais escolares, que seguravam muitos pequenos negócios destes!
    2º quase todas as escolas possuem uma papelaria interna, onde vendem o material já muito barato e tiram fotocópias, fazem impressões, etc…
    3º estamos numa era digital, onde cada vez existem menos clientes a comprar lápis, borrachas, encadernar, etc.. quase tudo é digital e feito no computador.
    4º os custos são muito elevados, o investimento numa fotocopiadora por exemplo ronda os 5000€, + a manutenção e tinteiros, + a energia elétrica que gasta, que é muita…enfim e é só um exemplo porque uma papelaria tem de ter bem mais equipamentos, impressoras, computadores, arca, etc..
    5º margens muito baixas para muito trabalho, isto é, são muitas tarefas diferentes a fazer, se o estabelecimento tiver um movimento razoável, em que as margens de lucro do serviço ou produto não dão para pagar a empregados e são demais para uma pessoa só. e hoje em dia ninguém quer esperar, por isso vão aos Hipers. e em relação á doçaria. margens de lucro gigantescas!!?? isto simplesmente não é verdade! não sei onde se informou! Mesmo no que tem mais margem como as gomas, basta ter uma pastelaria perto que esse pequeno “trunfo” se torna insignificante.
    Em relação aos jogos, se conseguirem ter a sorte , ou uma grande CUNHA em conseguir os jogos Santa Casa, que hoje em dia é quase impossível devido a haver uma a cada esquina, a coisa já muda um pouco de figura mas mesmo assim não é nenhum Oásis, não se iludam! Fecham muitas papelarias todos os dias!

  23. angelo severino diz:

    Boa tarde Sr Nuno não sei se ainda atende aos mails deste blog mas eu gostaria que me desse algumas dicas de como abrir uma papelaria com jogos de santa casa, bijuteria, centro de cópias e um pequeno e outros objectivo que tenho todo gosto em partilhar mas de forma privada. responda ao meu mail ou contacte-me.

    melhores cumprimentos

    Ângelo Severino

    • Nuno Casimiro diz:

      Olá Angelo

      Não recebi nenhum email seu (ainda)

      Votos de sucesso

  24. Isabel diz:

    Olá a todos

    Alguém tem um plano de negócio de uma papelaria mediadora de jogos da Santa Casa que possa partilhar comigo?

    O meu e-mail: eijsus@gmail.com

    Muito obrigada

    Isabel

  25. Hélder diz:

    Atualmente tenho uma papelaria no Porto, a qual abri à cerca de 1 ano. Á vasp tive que pagar uma caução de 4000€, à logista de 2500€ e agora estou a pensar em colocar o payshop.

    Alguém me sabe dizer qual o valor aproximado de caução que estão a pedir?

    • Claudia Silvestre diz:

      O roubos nas sobras dos jornais e revistas são exagerados, devolvemos 10 revistas, dizem que só receberam 9. por semana tem que contar entre 5 e 15 euros de ROUBO !!!!!

      Se tambem esta nesta situação e que não consegue se defender destes tubarões, contacte me, recebi conselho da DECO, mas temos de ser um grupo de agentes lesados.

      PAPELARIA ALMOUROL
      Claudia Silvestre
      Praia do Ribatejo
      249102156
      claudia.silvestre84@hotmail.com

  26. soraia oliveira diz:

    Bom dia, em conjunto com o meu marido vamos abrir uma pequena mercearia focada especialmente na área de frutaria (visto que aqui na zona não há grande variedade, muito menos biológica) e estávamos a ponderar também adicionar uma pequena área direcionada para os jogos santa casa, mas não sabemos nem margens de lucro, nem a quem se devemos dirigir para obter informações se nos é possível associar os jogos ao outro comercio… se me poder ajudar, agradecia….

  27. Joana Cruz diz:

    Olá Nuno Casemiro, tenho ideia de abrir uma papelaria um pouco diferente. Será que me pode dar o seu email para tirar umas dúvidas? Obrigada

  28. carlos manuel diz:

    Boa tarde
    Estou a pensar abrir uma papelaria. Gostava se possível de ajuda por onde começar os contactos, para fornecimento de jornais, revistas, tabaco e outro material para venda.

  29. Ricardo diz:

    sabe dizer quanto custaria abrir uma papelaria num quiosque com 10mtros quadrados